domingo, 15 de maio de 2011 | Autor:

No curso que dei no sábado, dia 14 de maio de 2011, contei com 181 inscritos em sala de aula. Foi tanta gente que os organizadores providenciaram telões para que os alunos pudessem enxergar bem o que eu fosse escrevendo no quadro-negro. Mérito de todos, mas organização da Gabi Santermer, autora do livro El éxito organizado – Como organizar eventos. Pelo visto, seu livro funciona e muito!

Os argentinos estão de parabéns, pois conseguiram inscrever em um curso meu o maior número de alunos deste ano. E nem são tantas escolas. Em todo o país temos 8 unidades. Portanto, se dividíssemos em números iguais, teríamos 22,6 inscritos enviados de cada unidade. Mas como os números não são iguais, algumas escolas enviaram mais de 30 alunos e instrutores.

VINTE OU TRINTA inscritos por escola! Imagine isso. Imagine esse engajamento, esse coeficiente de participação em São Paulo ou em Portugal! Em Portugal, daria mais de 200 inscritos; e em São Paulo, mais de 400!

Ainda bem que vivi para ver isto.

Há duas formas de demonstrar respeito e carinho pelo ministrante. Uma é a alta remuneração. A outra é o elevado número de participantes. Estou muito feliz, porque este ano testemunhei as duas opções.

Agora, não sei se me mudo para Londres ou Paris, ou se vou morar em Buenos Aires, a Paris das Américas!

_______________

À noite, fomos assistir o Grupo de Coreografia apresentando-se no teatro. Eles se apresentam todas as semanas!!! Estão ensaiadíssimos, com ásanas espetaculares. Merecem todo o nosso apoio. Por que você não os convida para se apresentarem em um teatro da sua cidade? Seria um grande reconhecimento pelo esforço e dedicação deles.

_______________

Maestro querido! Que orgullo de mi egrégora porteña!
Te dejo un link para que puedas ver las fotos del curso de ayer.

https://picasaweb.google.com/natalia.sanmartin/CursoMeditacionYAutoconocimiento#

Y mis besos más apretados y cariñosos!

_______________

No curso de domingo, exclusivo para instrutores, incrivelmente, dos instrutores de todo o país, só dois deixaram de comparecer!  A Federação tem 63 instrutores e compareceram 61. A sala estava lotada, todos com olhinhos brilhantes, sorrisos amorosos e muito interesse no que eu tinha para ensinar. Depois do curso, que durou mais de cinco horas sem intervalo, ainda não queriam ir embora. Ficamos conversando na sala de aula, comendo uns sanduíches de “queso y tomate” como só os argentinos sabem fazer, contando coisas engraçadas e aplicando umas massagens miraculosas no ministrante (fisicamente cansado, mas interiormente feliz).

_______________

Fizemos uma noite de autógrafos do meu livro Método de Boas Maneiras. Embora o livro esteja escrito em português, vendeu mais exemplares do que em muitas cidades do Brasil. Esse ímpeto de participação dos Argentinos me impressiona vivamente.

_______________

Tivemos uma conversa com os alunos da Unidade do Daniel Fersztand: havia CINQUENTA alunos presentes. Não me lembro de nenhuma outra conversa com alunos em que os Diretor tivesse motivado tantos alunos a comparecer. Todos jovens, perfis, atentos, sorridentes, inteligentes e ninguém saiu até o final, duas horas depois. Alguns alunos vieram conversar e demonstraram interesse em formar-se instrutores do Método DeRose, o que me fez muito feliz. A equipe da escola me conduziu a uma sala reservada onde havia uma linda mesa de jantar posta para que comêssemos, eu a Fée, o Edgardo, a Yael e a equipe da unidade. Comida deliciosa, conversa descontraída, amigos de verdade.

_______________

Mestre! Quería dejarte aquí el link a un video de Youtube, con un extracto de las fotos de este final de semana increíble, registrando el lanzamiento del libro <b><i>Método de Boas Maneiras</i></b>, tu maravilloso curso del sábado y la presentación del Grupo SwáSthya.

Te mando besos gigantes y abrazos apretados llenos de cariño!
Natalia – Buenos Aires

 

terça-feira, 19 de abril de 2011 | Autor:

Bom dia, Mestre!
Será que a pessoa do vídeo não é uma praticante do Método?

Um forte abraço cheio de saudade
Danilo ChencinskiUnidade Vila Mariana

 

Bom dia Mestrão!
Aproveitando o título “Hora do Planeta” quero indicar o vídeo abaixo. É uma demonstração de reconhecimento por uma pequena, mas importantíssima ação. Porém o Planeta vibra muito mais forte a cada gesto de responsabilidade que executamos!

Um ótimo e consciente final de semana a todos!
Um beijão!
Lu
Unidade Centro Cívico – Curitiba – PRwww.derosecentrocivico.org

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011 | Autor:

Estimado amigo, aluno ou instrutor.

Como você tem acompanhado, nestes últimos dez anos vimos estreitando cada vez mais nosso relacionamento com a Polícia Militar, com a Defesa Civil e com a ROTA. Quanto mais conhecemos essas instituições, mais aprendemos a respeitá-las e a valorizar os bravos homens e mulheres que dedicam suas vidas (e arriscam-nas) para proteger a nossa população.

Durante estes dez anos fizemos bons amigos nessas corporações. Delas – e deles – temos recebido muito apoio e reconhecimento pelo nosso trabalho.

Assim sendo, tenho a satisfação de convidar você, seus familiares e amigos para prestigiar a Cerimônia de Outorga na qual serei agraciado com o Grão-Colar da Ordem dos Nobres Cavaleiros de São Paulo, dia 27 de janeiro de 2011, às 16 horas, no quartel da ROTA – Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, na Av. Tiradentes 440, em São Paulo.

Sempre deixei bem claro que recebo cada condecoração em nome dos que realmente a merecem: os nossos queridos instrutores e alunos, pelo seu valoroso engajamento nas causas sociais e filantrópicas. É você e é a nossa filosofia que estão sendo homenageados.

Sua presença e a dos seus me faria muito feliz.

Traje social obrigatório.

Comendador DeRose

PS – Queira replicar este convite por e-mail e redes sociais para os seus amigos, alunos e monitorados.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010 | Autor:

Graças a você e a todos os amigos que frequentam o Blog do DeRose, tivemos a satisfação de ser agraciados com mais esse reconhecimento. Havia centenas de blogs concorrendo. Qual não foi a nossa satisfação ao escutar, na cerimônia de entrega dos prêmios, quando o apresentador declarou “O vencedor é… o Blog do DeRose!” Foi uma apoteose para os colegas que estavam no auditório lotado!

Cambria e eu fomos ao palco receber o troféu e o diploma. Entreguei publicamente os dois ao verdadeiro heroi da nossa vitória – o Cambria! Usando do microfone, prestei as devidas honras ao nosso blogmaster. Ele, por sua vez, falou muito bem. E fomos todos dormir felizes, com uma sensação de missão cumprida, de apoio da sociedade e de reconhecimento público.

Espero que em 2011 continuemos com o sucesso que o nosso blog conquistou e que ainda consigamos nos superar. Conto com você, com a sua presença constante, com a contribuição ativa e com o seu carinho. E vamos ganhar outra vez no ano que vem!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010 | Autor:

Convido meus amigos para assistir a solenidade na qual nós todos, na pessoa do decano, seremos agraciados com mais um importante reconhecimento formal. A entrada é franca, mas os homens devem comparecer de terno escuro e gravata, as mulheres de traje equivalente.

A data será terça-feira, dia 14 de dezembro de 2010. O local é o Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, no Viaduto Jacareí, 100, oitavo andar. Há estacionamento na rua ao lado.

O horário será às 19 horas, mas como sabemos que esse horário é muito difícil para os instrutores, estes poderão chegar mais tarde. É comum também que ocorram atrasos para o início de solenidades dessa natureza, às vezes de até uma hora. Recomendamos que se for inevitável o atraso do meu convidado, ele entre discretamente para não perturbar a cerimônia.

Haverá outorga de condecorações da Ordem do Mérito da Cruz do Anhembi, criada pelo Decreto 52.890/1°.03.72, do Governo do Estado de São Paulo a personalidades de destaque, seguida de coquetel de confraternização.

Todos os colegas e alunos que assistiram a solenidades de outorga anteriores ficaram vivamente impressionados e gostaram muito de ter comparecido. Conto, portanto, com a sua presença.

Estarão presentes autoridades civis, da Polícia Militar e das Forças Armadas.

Traga sua câmera para fotografar e filmar.

Divulgue no seu blog, facebook e demais redes sociais.

terça-feira, 22 de junho de 2010 | Autor:

Daniel Borges

Olá Mestre! Bom dia.

Envio-lhe algumas fotos do evento em que você recebeu a “Medalha Brigadeiro Sampaio, patrono da Infantaria Brasileira”, concedida pela ONU Brasil.

Foi a primeira vez em que eu assisti a uma cerimônia assim. Fiquei bastante comovido e contente. Realmente é muito importante quando uma instituição como o Exército brasileiro reconhece a seriedade e dedicação do trabalho de uma pessoa e ainda, o homenageia com uma das comendas mais importantes que há.

Que bom poder participar deste trabalho e poder contribuir para mudar o mundo para melhor.

Parabéns por mais esse reconhecimento.

Beijos admirados.

Link para download das fotos: http://danielborges.net/download/FotosMedalhaDeRoseBrigSampaio.zip

DeRose-recebendo-medalha-Brigadeiro-Sampaio.jpg

Daniel Borges
_________________________
Obrigado pelas fotos e pelas palavras, Borges. A medalha foi concedida pela ONU Brasil e outorgada no quartel do 1º Batalhão de Policiamento de Choque Tobias Aguiar, a respeitadíssima ROTA, da Polícia Militar.
[Obs.: Temos dois instrutores que se chamam Daniel Borges. Quem postou este comentário foi o Borges Gaúcho, do Office.]
quarta-feira, 16 de junho de 2010 | Autor:

Fe Rengel


Olá querido Mestre,

Quero lhe agradecer pelo sádhana no domingo, foi muito especial. Além disso, foi uma oportunidade de estarmos próximos e rever os amigos.

Escrevo também para tirar uma dúvida: quando falamos sobre a nossa formação, dizemos que somos instrutores do Método DeRose formados pela …? Já sei que não devemos misturar a palavra mágica com o Método. Mas neste caso qual seria a forma mais adequada para falar que somos formados por uma instituição sem citar a palavra mágica?

Talvez esta questão já tenha uma resposta e eu é que estou desatualizada, neste caso peço-lhe desculpas por perguntar algo que já deveria saber.

Um beijo cheio de carinho.

Fernanda Rengel
Joinville – SC

Sua pergunta é bem pertinente, Fernanda. É um tópico que ninguém ainda havia perguntado, mas certamente alguém titubearia ao tentar responder.

Os instrutores do Método DeRose são formados pelo próprio sistematizador e homologados pelo Diretório Central do Método DeRose.

Vou lhe contar uma história muito interessante. Há alguns anos, houve um encontro do Yôga com a ióga para debater sobre a regulamentação da profissão. O outro time convidou um alto funcionário do MEC, que era amigo deles, para esclarecer algumas questões. Para me espezinhar, perguntaram-lhe se era possível que alguém tivesse uma Universidade de Yôga. O alto funcionário do MEC respondeu-lhes “Por que não?”. Visivelmente abalados, questionaram: “Mas então teria que ser reconhecida pelo MEC, não é mesmo?” E, mais uma vez, o amigo deles que fora convidado para tentar me desmoralizar, respondeu que não era preciso nenhum reconhecimento do MEC. Aí ficaram zangados: “Mas, ô Fulano, se não precisa do reconhecimento do MEC o que é que dá a credibilidade a essa universidade?” E a resposta que ele deu em seguida é antológica: “O reconhecimento do MEC não dá credibilidade. Quantas faculdades e universidades fajutas você conhece e que são reconhecidas pelo MEC? Muitas, não é? O que dá credibilidade não é o MEC, é o nome de quem expede os certificados. Se o Dr. Pitanguy resolver dar um curso de cirurgia plástica na sua clínica, o que dá a credibilidade é o nome dele. Ninguém está ligando a mínima que o curso não seja reconhecido pelo MEC.” Com isso, o outro time me ajudou bastante, pois, graças à polêmica levantada, várias pessoas presentes decidiram fazer o curso da Universidade de Yôga, não por causa do nome Universidade e sim pelo nome DeRose, que assinava o certificado.

Nossos inseparáveis amigos que vivem prestando atenção ao que eu faço para me atacar prestaram-me mais um grande serviço. Eu queria consultar oficialmente o MEC a respeito, mas hesitava para não levantar a lebre e evitar chamar a atenção sobre a nossa Universidade de Yôga, pois poderia criar mais problemas do que soluções. Então, meus grandes colaboradores de plantão me ajudaram denunciando-me ao MEC. Com isso, o MEC respondeu a eles por escrito declarando que a minha Universidade de Yôga não precisava de registro naquele Ministério e que eu tinha a liberdade de ensinar o que bem entendesse. O documento acabou nas minhas mãos e hoje eu tenho essa declaração oficial. Devo isso aos que queriam me prejudicar e, como sempre, acabaram me ajudando. Por que lhe contei toda essa história? Só para ilustrar que o que dá credibilidade ao certificado é o meu nome, marca forte que está há 50 anos no mercado e que constitui o maior grupo desse segmento não apenas do Brasil ou da América Latina, mas o maior do mundo, com escolas na França, Inglaterra, Itália, Espanha, Portugal, Estado Unidos, Argentina, Chile e tantos outros países.

Assim sendo, nossos certificados já não serão mais expedidos pela Universidade e sim pelo Método, ou melhor, pelo Diretório Central do Método e firmados pelo próprio sistematizador. A União Nacional de Yôga e sua divisão Universidade de Yôga estão praticamente inativas, convertendo-se em chancelas de garantia de qualidade dos livros de Yôga, mas sem divulgação externa e sem movimentação financeira.

Acho que com essa larga explanação você fica municiada para qualquer questionamento.
Um forte abraço para você.

___________________

Regina Wiese Zarling

Eu jamais me esquecerei desse encontro lá no Rio de Janeiro, no qual fomos proíbidos por eles de te aplaudir. Então só levantavamos os braços fazendo movimentos de alegria… Na minha equipe [de debates], fizeram de tudo para boicotar a nossa egrégora [os instrutores da nossa modalidade] … E tinha uma senhora bem querida de uns quase 70 anos ou mais que olhou para todos e disse: “Eu fui formada pelo DeRose e na minha frente ninguém fala mal dele!” Enquanto nós tentávamos [pedir que parassem de atacá-lo] era só gritaria [por parte dos ensinantes da ióga] , mas aquela mulher calou a boca de todos, pois os surpreendeu [talvez pela idade] ! Mesmo assim, durante os debates, a nossa egrégora [nossos instrutores] foi praticamente proibida de falar! [ … ] Hoje, depois de um tempo até que lembramos disso com uma certa diversão, mas na hora, a pressão foi tão grande, que causou outra dor a nossa querida Ro de Castro. Sei que sabes do que estou falando. [Como isso já foi publicado em livro, creio que não há problema em mencionar aqui: A Rosângela estava grávida e por causa das agressões perpetradas contra nós, perdeu o bebê.]
Bjs
Regina
Método DeRose Alto da XV
Curitiba-PR

___________________

Renata

Estou com uma dúvida, e o nome Uni-Yoga, permanecerá?

Obrigada!

Sim. A Uni-Yôga – União Nacional de Yôga continua existindo, mas apenas como um selo de qualidade. É também com quem são firmados os contratos de credenciamento enquanto não houver outra entidade que possa substituí-la. Já a Uni-Yôga – Universidade de Yôga é quem avaliza a qualidade dos livros de Yôga que forem editados por nós ou mesmo por edições independentes. E todas as escolas que não conseguirem a certificação para colocar o logo do Método DeRose em sua fachada, continuarão a ostentar a placa da Uni-Yôga.
Obrigado por nos ajudar colocando a sua dúvida. Abraço.