quinta-feira, 8 de março de 2012 | Autor:

A vida é linda quando se tem alguém ao lado, a quem se possa amar de verdade, sem reservas, entregando-se totalmente, corpo e alma. Alguém a quem possamos ofertar nossa vida, nosso coração palpitando de emoção. Alguém a quem possamos fazer pújá com as nossas lágrimas de felicidade e com as de dor. Alguém com quem possamos repartir o sofrimento, a solidão, o desespero, mas também as glórias de uma missão realizada lado a lado, de mãos dadas…

Pense bem: que lindo poder ter o privilégio de ser a escolhida entre milhares, entre milhões de pessoas, para viver momentos de paz e amor ao lado de alguém e, repetidas vezes pela vida a fora, dissolverem-se ambos em êxtases de um regozijo supremo, somente atingível com a pessoa amada! E, ano após ano de prazer, felicidade e realização pessoal, ter a alegria de envelhecer ao lado da pessoa certa! Sem, jamais, se arrepender pelo que deixou de fazer – não há pior remorso que esse…

… E depois, juntos, marcarem a Humanidade e o Universo com a força gerada nos seus atos de amor.

Para algumas, a vida nem sequer ofereceu a oportunidade de um grande amor, um amor alquímico, capaz de transmutar a vidinha medíocre em uma vida brilhante, de ouro puro. Para outras, a chance foi oferecida, mas deixaram-na escapar por entre os dedos, na ilusão adolescente de que a juventude nunca se acabaria.

Você já imaginou que podemos morrer amanhã? Você partiria satisfeita por ter feito tudo o que desejava, por ter já vivido a sua vida?

Se um cometa pode acabar com a Terra a qualquer instante, eu quero viver e compartilhar esse tempo que me resta com quem eu amo.

Se o holocausto nuclear (ou qualquer outro) é uma realidade que nos espreita a cada alvorada, eu quero depositar o meu fervor no ventre da minha amada, como uma prece diária, reverente, até o dia do Juízo Final.

Se todas as profecias do bom-senso nos advertem para o fato inegável de que a vida pode se extinguir a qualquer momento, vencida pela constante conspiração das hordas de potenciais doenças, acidentes e crimes, então eu quero fazer do tempo que ainda me resta algo que me permitirá partir em paz: se não posso fazer toda a Humanidade feliz, quero fazer feliz uma pessoa, a partícula da Humanidade que está mais próxima de mim. Quero que essa seja a minha mais nobre razão para estar vivo!

Faça-o você também.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 | Autor:

Compartilhe e discuta com os amigos este capítulo do nosso livro Anjos Peludos – Método de educação de cães.

Se apreciar, procure-o nas livrarias e  indique-o a quem gostar de cães.


 É chocante como as pessoas desconhecem o mecanismo da liderança animal! Quase todos os meus amigos me dizem a mesma frase (parece um disquinho):

– Quando fui escolher o cachorro, foi este que me escolheu. Ele veio correndo na minha direção e saltou nos meus braços!

Então, já começou mal. A relação já se iniciou com o cão tomando as decisões. Se ele teve aquela atitude, deve ser um cão alfa dominante. Sua relação com ele provavelmente vai ser de  um medir forças sem trégua.

Quando fomos escolher a Jaya, ela era tão acanhada e tímida que tive receio que fosse autista. No entanto, quando cresceu, no nosso dia-a-dia ela brinca, corre, pula, tem uma energia incrível. Só que quando não queremos mais brincar, ela para na hora. É alegre e dinâmica, mas carinhosa e obediente.

Há um pequeno truque ao escolher o seu amiguinho: coloque-o no seu colo, de barriga para cima. Se ele aceitar tranquilamente essa posição, provavelmente, é cordato e dócil. Caso não se submeta e fique agitado para se virar, é possível que seja um animal rebelde.

Fora o cuidado de não escolher o cão mais hiperativo, deve-se conhecer bem os espécimens que o canil fornece e checar os ancestrais para que não haja antecedentes de enfermidades genéticas.

Por outro lado, não há nada mais lindo que salvar da morte certa os “focinhos carentes” que estão esperando por adoção nos abrigos. Se ninguém os adotar, serão abatidos sem dó nem piedade. Procure nos sites de adoção e poderá conhecer o seu futuro pet pela foto e pelo perfil que geralmente é descrito.

Lembre-se de que nunca deve separar o filhote da mãe com menos de 45 dias. Eu acho um absurdo separá-lo da mãe com qualquer tempo. Mas, pensando racionalmente, cada casa ficaria com mais de dez cães quando alguma cadelinha desse cria, o que é impraticável. Dessa forma, com dor no coração, preciso aceitar o fato de que a praxe é separar os filhotes em algum momento.

O Dr. Mauro Lantzman nos dá as seguintes dicas sobre as posturas de dominância que permitem identificar filhotes dominantes:

  • Perseguir os outros filhotes na ninhada.
  • Ficar de pé sobre o companheiro de ninhada.
  • Andar em círculos ao redor do companheiro de ninhada.
  • Empurrar com ombro ou coxa.
  • Apoiar as patas da frente no dorso do companheiro.
  • Urinar sobre um outro cão ou pessoa.
  • Rosnar, beliscar, morder.
  • Montar.
  • Ficar acima da pessoa.
  • Pedir carinho colocando a pata sobre a pessoa ou qualquer outro comportamento que desencadeie a resposta do proprietário.
  • Bloquear acesso: passagem de quarto, corredores etc.
  • Guardar comida, brinquedos e não permitir que o dono pegue.
  • Impedir acesso a local de brincar ou ficar.

 

Se não encontrar o livro nas livrarias, poderá pedi-lo para:

Método Distribuidora – tel. (11) 3589-7227.
Office – tel (11) 3064-3949.
Unidade Jardins (11) 3081-9821.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011 | Autor:

Aujourd’hui, lors de ma pratique quotidienne, en sentant ma gratitude envers le Professeur De Rose, l’idée suivante m’est venue : « Será que ele realmente sabe o quanto eu sou grato ? » (Est-ce qu’il sait vraiment à quel point je lui suis reconnaissant ?)

Pourquoi ne pas lui écrire directement pour exprimer ce que je ressens ?
J’avais sans doute peur de m’exposer, peur d’être juger.
Je peux continuer à mentaliser tous les jours que ma reconnaissance est toujours plus grande, toujours plus profonde. Sentir c’est une chose, exprimer en est une autre. C’est en exprimant que l’on peut partager et ressentir avec les autres. La reconnaissance est belle quand elle se dit, quand elle est partagée.

Les mots me paraissent futiles pour exprimer tout ce que tu m’as apporté. Et pourtant je prends conscience que ces mots ne sont pas si futiles, ils doivent être dits, sentis, partagés.
Merci. Merci du fond du cœur.
J’aimerais que tu sentes la tendresse de mon regard lorsque je te regarde, j’aimerais que tu sentes ce que mon cœur veut te dire et que je ne laisse pas encore sortir.

Le plus grand cadeau que tu nous offres c’est le groupe qui nous entoure. Ce que tu aimes à appeler d’égrégore. Si chacun pouvait ressentir la force de ce groupe, il ne voudrait plus jamais s’en séparer. Souvent je ferme les yeux et j’imagine mes amis de Paris, de Londres, d’Edinburgh, de Rome, du Portugal, de Suisse, du Brésil, de l’Argentine, des Etat-Unis, tous ceux que j’aime et ceux que je ne connais pas encore. Je sais alors que je ne suis pas seul. Et ça, je te le dois.

Merci d’être l’élément qui réunit et unit ces femmes et ces hommes au delà des océans, au delà des cultures. Merci, merci du fond du cœur.

Jonathan
Instructeur Méthode DeRose
Rive Gauche – Paris

____________________

Mon cher ami. Suas palavras me arrancaram lágrimas de comoção e de afeto. Quero que fiquemos sempre juntos e próximos. Espero jamais perdê-lo e poder contar sempre com a sua amizade. Seu texto é tão lindo, sincero e tocante que considero justo compartilhá-lo com os nossos amigos e colegas. Se você quiser eu retirarei o post. Mas julgo que os companheiros também se emocionarão com as suas palavras tão sentidas. Receba meu abraço apertado e longo.

____________________

Que felicidade ver e perceber que o nosso trabalho dá frutos tão bonitos e tocantes :) .
Esses são os presentes que quero te dar pela vida toda querido Mestre. Esta é a minha singela forma de contribuir para nossa cultura e te dizer obrigada pela vida que me deste. Este como tanto outros que virão serão o meu pújá efectivo.
Te amo
Soninha

PS – Jo ça me touche beaucoup ce que tu viens d’écrire :D .

____________________

Mon ami Jonathan, quel beau texte!
Mon ami Jonathan, je profite aussi pour te laisser un petit message, tu as un grand coeur, et t’exprimer te rend encore plus spécial,
Notre ami Jonathan,
tu es une personne très spéciale, qui est toujours prête à aider, à écouter, et à partager, et ceci est si rare de nos jours,
Je t’admire, et je t’envoie aussi un sentiment de gratitude pour tout ce que tu as pu faire, tout ce que tu as pu m’apprendre….
On se voit dans 3 jours :) )))), et tu me verras rire avec les yeux fermés :D (je sais que tu aimes) hahahaha
Gros bisous pour Toi Jonathan, et pour vous Maître,

Que notre égrégora soit de plus en plus forte, et sincère,
Meryem

____________________

Muchas gracias Jonathan por este texto! Dwayne (Argentina).

____________________

Si bien hay partes del texto de Jonathan que todavía no conseguí traducir a la perfección, pude percibir claramente la gratitud de sus palabras y sentí una gran admiración, quisiera yo también aprender a volcar en un texto mis sentimientos hacia DeRose, Fernanda y todas las personas increíbles que fui conociendo a lo largo de esta misión. Con una sonrisa y mi mirada enamorada de todos los integran esta Familia esta noche quisiera abrazar a cada uno.

Joaquina – Buenos Aires

____________________

Nuestro vocabulario multiidiomático se enriqueció más con tantas palabras emocionantes :) gracias Jonathan,

Yael – Buenos Aires

____________________

Mon cher Jonathan,

L’été dernier j ai eu l occacion de te connaitre a Paris et je voulait, profitant de ton jolie message d amour et reconnaissance, te remercier aussi de ton accueil. Ton recit, comme tout as pu constater, a emu a plein de gens et a moi aussi, et tu as bien raison c est grace a “la egregora” du Mestre DeRose que j ai pu pratiquer chez vous a Rive Gauche, et au Porto a Campo Alegre, et me sentri comme a la maison. Merci encore et si tu passes par ici n oublies pas de nous faire un coucou et venir a pratiquer a “La Sede Historica, Copacabana” um beijo grande.  Marga.

____________________

Je laisse ici une photo, qui date d’Avril, pendant les cours du Professeur DeRose à Paris, Jonathan et Renata en conversasion avec vous ……. :) Joie sincère et loyauté inébranlable,

 

 

sexta-feira, 26 de agosto de 2011 | Autor:

Querido Mestre, bom dia!
Estou muito feliz e gostaria de compartilhar isso com você. Meu filho Thiago Gabriolli, formou-se instrutor do Método DeRose em dezembro último e juntou-se a Equipe do Método DeRose Unidade Plaza Sul e com apenas alguns meses de muito trabalho (mais de 12 horas diárias) e dedicação plena, já conquistou um sonho que foi o de viajar para o exterior. Esta é a sua primeira viagem a Europa. Visitará Paris, Roma e Londres durante 20 dias com o que conseguiu poupar nesses meses. Quero que isso seja incentivo aos novos instrutores, pois a nossa profissão é um sucesso, basta foco e determinação e é claro muitas horas de trabalho. Um beijo de uma Diretora realizada. Helô

Reply ]

________________

Que lindo, Helô! Meus cumprimentos a você e meus parabéns ao Thiago. Beijos aos dois.

 

________________

Olá Mestre,

Algumas conquistas com a profissão de Instrutor do Método: um ótimo padrão de vida, viajem para o exterior, participei de vários eventos, cursos e vivências, costitui uma considerável biblioteca de pesquisa, comprei uma escola, investi em um credenciamento e no ano passado, junto com a shakti Ana Maria, comprei um apartamento. Além de ter conhecido a belissíma pessoa que é a Ana. Obtive o respeito da minha família toda e amigos, não só profissionalmente, mas principalmente pelo exemplo de atitude e comportamento que venho aprendendo ao longo destes anos.

Como estou de mudança para São Paulo, precisei vender a escola e o ap.

A escola foi vendida com uma boa valorização e o apartamento está em uma boa negociação também. Além disso, ainda tenho o credenciamento como investimento profissional.

É importante que o Instrutor saiba investir, com consciência, em bens e treinamentos de qualidade. Deve selecionar também pessoas muito sérias e bem humoradas para constituirem suas equipes.

Só tenho a agradecer.

Muito obrigado.

Bjs,

Hudson Mazeto

________________

Você é um grande exemplo de determinação e de sucesso, Hudson. Beijos de todos nós.

domingo, 21 de agosto de 2011 | Autor:

Que lindo!

Vou compartilhar um do leão marinho fogoso.

httpv://youtu.be/Re88Gt8dfPI

Um abraço,
Fernanda.

Unidade Centro Cívico – Curitiba/PR
http://www.DeRoseCentroCivico.org

quarta-feira, 22 de junho de 2011 | Autor:

Querido Mestre,

Há poucas semanas tive conhecimento de uma história que me lembrou a de MOgli dos desenhos animados! Já a devem conhecer mas de qualquer maneira aqui partilho as imagens de Tippi, uma menina que estando com seus pais em Àfrica cresceu junto de uma tribo e dos animais selvagens.
Achei lindo!…Se em geral as pessoas tivessem a oportunidade de conviver desta maneira com os animais talvez já olhassem e agissem para com eles com um pouco mais de consciência! Neste momento Tippi já vive em Paris e pode ser que leve um pouco dessa sensibilidade aos seus coleguinhas…

Beijo e Abraço muito forte de Portugal!

___________________

Preciso ver esse filme. Infelizmente, o Brasil não importa quase nada do cinema francês, e o pouco que importa são filmes de arte, absolutamente chatos.

quinta-feira, 5 de maio de 2011 | Autor:

Querido Mestre, quiero compartir un video del Grupo SwáSthya, compañía de coreografías del Método DeRose de Argentina, que tengo el orgullo de dirigir. Es una edición de las obras Padma y Shaktí que filmamos en un estudio con el deseo de que pronto ese material se convierta en un dvd.

Aprovecho para invitar a los que quieran ver el show en vivo que estaremos presentando durante el mes de mayo todos los sábados a las 23 hs. en el Teatro del Sur, en Buenos Aires. En el adjunto están los datos del teatro.
Fui muy lindo verte y compartir esta noche la cena con nuestros amigos europeos
Abrazo apretado,
AdriAdriana Bruer – Directora de la compañía de coreografías del Método DeRose de Argentina -(Instructora de la Sede Decana)