sexta-feira, 25 de maio de 2012 | Autor:

Olá Mestre!

Mais um ano se passou, e que alegria poder dizer com convicção que não se tratou de apenas mais um ano. Um ano bom para o Brasil e ótimo para o Método DeRose.

Em 2009 me formei instrutor e parece que já faz décadas, tamanha a intensidade das mudanças que se operam na minha vida. Nunca trabalhei tanto, nunca aprendi tanto e nunca conheci tantas pessoas legais, de bem com a vida como nestes poucos meses de formado.

Nunca ganhei tão bem, nem viajei tanto! Deixo no meu caminho pessoas felizes, e eu mesmo me torno a cada dia portador de uma felicidade sincera e contagiante. Finalmente, estou trabalhando em algo de que gosto, mas mais do que isso num ambiente de trabalho incrível, rodeado de pessoas fantásticas. E para completar ainda caminhando paralelamente a meus propósitos individuais de vida.

Agradeço de coração à equipe de instrutores do Alto da XV, em especial ao Prof. Rogério Brant, e ao meu monitor Alexandre Meireles. E um abraço especial a você meu Mestre querido.

Sem você nada disso seria possível. Que neste ano vindouro minhas ações possam honrar o nome que portamos nas nossas insígnias e medalhas, o DeRose que está na ponta das nossas línguas e no fundo do nosso coração.

[ … ]

Beijos.

Felipe Lengert – Unidade Alto da XV – Curitiba, Brasil

____________________

Felipe Lengert hoje atua em São Paulo.

domingo, 19 de junho de 2011 | Autor:

Tenho notado que aquilo que o aluno ou instrutor vê em sua unidade não somos nós. Na maior parte das escolas, o ritmo é mais lento, a quantidade de atividades culturais é bem menor, os conceitos são pouco explorados, formam-se poucos instrutores, inauguram-se parcas escolas.

Verifico, ao conversar com os instrutores e com os alunos de outras cidades, que em muitas unidades o que eles professam é uma interpretação simplificada da nossa proposta. O problema disso é que recentemente uma instrutora me confidenciou que queria sair da rede porque sentia que ela estava estagnada! Bem, essa colega certamente não recebia os informativos, não lia o blog, não participava da profusão de cursos e eventos para aprimoramento dos instrutores. Nossa velocidade é tão vertiginosa que muitos instrutores não conseguem nos acompanhar! Nos meus cursos, noto que a maioria continua utilizando recursos, ensinando princípios ou aplicando nomenclatura que nós já superamos várias vezes. E há muitos anos!

As insígnias são uma demonstração desse delay, dessa defasagem. As mais antigas são redondas. Depois dessas, adotamos as que tinham a legenda com a nossa marca embaixo. Depois dessas, adotamos as que têm a coroa de louros. Atualmente, os distintivos de cargos (de Diretor e de Presidente de Federação) possuem um majestoso resplendor por trás da insígnia. No entanto, ainda encontramos instrutores, Diretores e Presidentes de Federação com a insígnia mais antiga, redonda, que foi substituída há uns cinco anos. Isso é apenas um sinal da resistência às mudanças e da inércia (tamas) que impede várias escolas de nos acompanhar no ritmo DeRose.

Não se justifica declarar que é porque você está noutra cidade ou noutro país, já que todos os instrutores recebem os informativos, têm acesso ao blog e às webclasses em tempo real.

Durante dez anos solicitei que todas as escolas e mesmo instrutores tivessem seu site ou pelo menos uma home page.  Até hoje, por incrível que pareça, muitas escolas e federações não têm site. A maioria dos instrutores não entra no nosso blog e fica desatualizada. Imagine os alunos! Eles nem sequer assistem as nossas aulas transmitidas pela internet nas terças-feiras!

Assim…

o que você vivencia na sua unidade não somos nós.

É preciso que as unidades nos acompanhem, pois fica constrangedor tirar alguém para dançar, dar dez passos de dança, fazer um giro e notar que o parceiro não se moveu de onde estava.

___________________

Hola Maestro,
Leyendo “O que você presencia na sua unidade não somos nós” me quede feliz de saber que practico en una unidade que “sim somos nós” , la Sede Historica Copacabana, hace parte de esas unidades que seguimos tus pasitos y pasotes, el intercambio que tenemos entre las unidades aqui es “padrisimo” (mexicanismo que quiere decir buenisimo) durante la semana comentamos acerca de tus cometarios en el blog, organisamos salidas al cine, al restaurante, participamos de las fiestitas de cumpleaños de los colegas, unos a otros nos incentivamos a participar mas y mas, por ejemplo para le festival de São Paulo, etc etc.

Aunque ciertamente, siempre se puede hacer mejor, creo que nuestra unidad va por le buen camino, por lo menos asi lo siento yo, la unidad de Copacabana se volvio para mi una segunda casa en la cual me siento muy agusto. Y por cierto acabo de recibir mi nueva insignia de yogini y es de las actualizadas y estoy muy orgullosa de hacer parte de esta tu egregora, de mi instructora Melina Flores y de todo lo que vivo desde hace un año con todos ustedes.
Nos vemos al ratito, en el lanzamiento de tu libro, estoy feliz de conocer a Jaya personalmente, que pena que no haya espacio para llevar a mi Pancho, :-) te quiero Maestro un besototote.

___________________

Madrisimo, Marga! Un besototote a Pancho.

 

terça-feira, 26 de outubro de 2010 | Autor:

As insígnias em formato de medalha com o resplendor bronzeado formando uma estrela de oito pontas é o novo distintivo para diretores de unidades credenciadas e presidentes de federação (diretores de unidades não credenciadas poderão portar o modelo sem o resplendor). As insígnias de diretores terão o esmalte branco como sempre. As de presidentes de federação passarão a ter o esmalte da cor do grau do seu portador e o resplendor será prata. O de Presidente da Confederação terá o resplendor em ouro. Estas insígnias mais chamativas só deverão ser utilizadas dentro dos nossos ambientes (unidades, eventos, solenidades). Fora dos nossos ambientes todos usarão apenas as insígnias com a coroa de louros. mas sem o resplendor.

Como temos muitos projetos em andamento, o que resulta em um custo muito elevado, as insígnias de cargos só serão confecionadas por encomenda, a qual deve ser feita diretamente ao Office. Dessa forma, não precisaremos confeccionar uma grande quantidade que ficaria mofando no estoque e daria prejuízo. Serão cunhadas somente as que forem previamente adquiridas. Assim, evitaremos as sobras, uma vez que estas insígnias só podem ser fornecidas  a um grupo pequeno de instrutores.

sábado, 10 de julho de 2010 | Autor:

Salve amado Mestre.

Como havíamos conversado no DeRose Festival de Floripa, adotamos em nossa Unidade Av. Rio Branco, aqui em Floripa, posicionar os alunos em sala de aula conforme o grau hierárquico, mas desde que portassem a insígnia.

Ou seja, se um Docente entrasse em sala de práticas sem insígnia, seria preterido por um sádhaka ou outro aluno ou Instrutor em um grau inferior ao seu, sendo orientado para posicionar-se atrás destes.

Como de praxe, os mais antigos e mais próximos são os mais indisciplinados. Então foi muito engraçado ver as carinhas de decepção quando pedíamos para estes irem para o fundo da sala, trazendo os mais novos para a frente. Nem disfarçavam a expressão de decepção!

Mas foi um sucessinho, como diz a minha querida Vivi Mondardo. Em um mês, não só todos estão usando as insígnias como buscam os graus mais adiantados da nossa Escala Evolutiva. Ninguém mais quer ser aspirante. Rsrsrsrsr.

E o outro sucessinho é a cerimônia de passagem de grau nos sat chakras mensais. Todos estão usando sua insígnia com mais orgulho e mesmo fora do ambiente da Unidade. Até os Instrutores!

Estamos melhorando cada vez mais. Está realmente muito divertido e motivador.

Abração do Jojó

jojomarengo@terra.com.br
Joris Marengo
quarta-feira, 27 de maio de 2009 | Autor:

Centenas de Mestres, professores, instrutores e alunos de quinze estados do Brasil e mais cinco países reunir-se-ão nesta sexta, sábado e domingo para aprender mais, aprofundar-se, praticar juntos e confraternizar-se no Fest-Yôga de Floripa. Já há muito tempo que não há mais vagas, portanto este post é apenas para compartilhar a notícia. Mas, na sequência, virá o Festival Internacional de Yôga de São Paulo, cujas inscrições estão abertas. Não vá perder essa chance!

A única forma de se increver é através do Diretor da sua unidade credenciada. Inscrições diretamente do interessado não são aceitas. É preciso que o seu Diretor autorize a sua participação, uma vez que os participantes não podem ser pessoas que fumem, tomem álcool, comam carnes ou usem drogas. O evento não permite a participação de alunos de unidades não credenciadas, nem os de academias, clubes, condomínios ou empresas, porque esses não passaram por processo seletivo, nem se submeteram ao exame de admissão, nem aos testes mensais que são veementemente recomendados pela Uni-Yôga.  Mesmo os alunos de unidades credenciadas que ainda estejam no pré-Yôga terão que esperar o recebimento da sua insígnia de praticante de Yôga. Também não é permitida a inscrição de menores de 18 anos. Com toda essa seletividade, ainda assim as inscrições esgotam-se com meses de antecedência e sem praticamente divulgação alguma. Os organizadores só imprimem um folder com a programação e normas. Você viu isso aqui no blog que é um veículo poderosíssimo de divulgação, que atinge dois milhões de pessoas e nem uma linha foi usada para divulgar o evento. Mesmo assim ele teve tanta gente inscrita que precisou utilizar outros hoteis da região. Parabéns ao dono do evento, Prof. Joris Marengo, Presidente da Federação de Yôga do Estado de Santa Catarina. E parabéns a todos o que não perderam a oportunidade de participar.

Você sabia?

A maior parte dos alunos que decidiram tornar-se instrutores tomou essa decisão após participar de um Fest-Yôga.

Leia mais »

quarta-feira, 6 de maio de 2009 | Autor:

Orgulhe-se do seu distintivo

Portar ao peito o distintivo da nossa instituição com a cor do seu grau ou cargo é motivo de orgulho e constitui um mérito conquistado que temos a satisfação de exibir sempre, dentro e fora das nossas escolas ou dos nossos eventos.

Somente a nossa entidade conta com essa insígnia que sinaliza qual é a modalidade de Yôga e em que nível de adiantamento encontra-se o praticante ou o instrutor.

Seu pin é o diferencial que, em qualquer ambiente da sua vida social, cultural, acadêmica, profissional, familiar, política, esportiva ou empresarial define que você é DeRose, que você professa um life style, uma proposta de vida mais refinada, culta e sofisticada. Seu pin é um indicativo à sociedade de que você é uma pessoa polida, séria, honesta e descomplicada, de bons hábitos, que não fuma, não toma bebidas alcoólicas, não come carnes e não usa drogas.

Orgulhe-se do seu distintivo! Porte-o com qualquer roupa, até as mais formais. Porte-o orgulhosamente em solenidades, passeios, praia, viagens, cursos técnicos, faculdade, escritório etc. Use-o com terno, com vestido de noite, com traje esportivo, com training, com camiseta, com maiô, com qualquer roupa, em todos os lugares.

Ana Gabriela de Souza
O pin é tão lindo que nem merece mais esse nome tão simples, “PIN”. Acho que poderia se chamar insígnia, pois é quase uma condecoração de nossa instituição aos que passam de grau! beijos…

DeRose
Gostei da sugestão, Gabi. Vou começar a me referir ao pin como insígnia. Obrigado pela boa idéia. bjokas.

 

Insígnia: “sinal distintivo que é atributo de poder, de dignidade, de posto, de comando, de função, de classe, de corporação, de confraria etc.; símbolo, emblema, divisa”. Na pesquisa etimológica, insígnia remete a insígne, “que é notável por suas obras ou feitos; destacado, famoso, ilustre”.

 

 willmoritz

Mestre,

Verifiquei as traduções de “insígnia” para os nossos outros idiomas, e ainda hão de ser muitos mais em nosso futuro plurilíngue.

Español: Insignia
Français: Insigne
English: Badge
Deutsch: Abzeichen
Italiano: Distintivo (Existe “Insegna”, mas se usa para placas de estabelecimentos)

Sânscrito: liGga* 

*Capeller’s Sanskrit-English Dictionary: n. mark, sign, emblem, badge, characteristic, attribute; proof, means of proof, evidence (j.); organ of generation, esp. the male organ of Shiva (r.); idol i.g.; gender (g.), the subtile frame or body (ph.).

Grego moderno (Ελληνικά):

Σήμα (sima) / διακριτικό σήμα (diacritikó sima)

Quanta força, poder e energia em todas estas formas, não?!!

 

Pois é. Mas Will, volte lá no dicionário de sânscrito, pois há uma letra que não está correta. DeRose.

Leia mais »