sábado, 4 de junho de 2011 | Autor:

Sábado, dia 4 de junho, às 21 horas, na Sede Central, Alamada Jaú 2000, São Paulo.

Fizemos lançamento no Festival de Florianópolis e esgotamos todos os exemplares que haviam sido enviados para o evento!

Teremos show de coreografias, palestra sobre o Método e o que ele tem a ver com cães, além da noite de autógrafos. Também serão autografados DVDs “Entrevista sobre qualidade de vida” que é extremamente esclarecedor sobre a nossa proposta. O DVD está em uma embalagens elegantérrima, o que o torna um belo presente de aniversário para amigos e parentes. Também é ideal para presentear autoridades e imprensa para esclarê-los sobre quem somos nós e a que nos propomos.

Clique na foto para ampliá-la.

_______________________________

Estou com o meu autografado.
O livro ficou genial… mesmo para quem, como eu, não tem cão, ensina muita coisa sobre comportamento.

Beijos
Daniel Suassuna
Asa Norte – Brasília – DF

quinta-feira, 31 de março de 2011 | Autor:

Conseguimos um relevante upgrade ao passar o nosso Festival de Floripa para o Costão do Santinho. Vamos mostrar que estamos todos orgulhosos disso e vamos mostrar que merecemos o esforço do organizador. Nada de se hospedar em casa de amigos. Vamos todos ficar juntos. Vamos dar mais um passo na direção do conforto que merecemos. Vamos cultivar o refinamento a que me refiro nos meus cursos e no livro Método de Boas Maneiras. Vamos reforçar a quinta característica: fiquemos todos juntos no Costão!

________________

Pois é, Mestrão.

Há muito tempo você vem insistido para que o Festival de Floripa se realizasse ao Costão do Santinho. Um pouco por achar que o nosso pessoal não fosse aderir, outro tanto para não precisar mudar, protelamos por alguns anos a troca de hotel.

Você continuou instigando-nos e finalmente tomamos coragem para fazer o upgrade. E só quando fizemos uma visita técnica no ano passado é que identificamos a dimensão da mudança que estávamos perpetrando. Um câmbio de conforto, infraestrutura, lazer e público. É outra coisa! E só os que hospedarem-se no Costão poderão metabolizar esta mudança de paradigma.

Mais uma vez confirma-se o axioma número zero: o Mestre sempre tem razão.

Beijojó

________________

Mestre, foi uma excelente idéia a mudança do Festival para o Costão do Santinho Resort. Digna de nosso métier. Tanto que, mesmo aqui em Floripa os alunos estão optando por ficarem no hotel, devido ao baixo custo com excelente estrutura, qualidade e conforto oferecido pelo Costão.
Grande abraço Mestrão! Felipe L. Godinho

________________

Também amei a idéia do Costão do Santinho, o local é maravilhoso. Já tive a oportunidade de me hospedar lá quando morei em Floripa. Estava decidida que este ano não iria ao Festival de Floripa para guardar grana para um outro do qual ainda não tivesse participado. Mas quando vi a troca para o Costão, foi impossível resistir! E a minha reserva, e tudo mais já deixei paga quando estive este fim de semana em Curitiba. Agora é juntar euro para Portugal!
Bjs
Regina

segunda-feira, 14 de março de 2011 | Autor:

Vou reeditar o livro sobre alimentação. Quero que esteja pronto para o lançamento no Festival de Florianópolis. Provavelmente terá o título Método de Alimentação Biológica.

Para tanto, preciso que você me envie os dados sobre os restaurantes da sua cidade, tal como se encontram na edição anterior Chega de Abobrinha!

Ou seja, se tem ou não convênio conosco; o nível de respeito e atenção com não-carnívoros, de um a cinco smiles; e o preço médio relativo de um  a cinco cifrões ($). Não mencione valores em reais, pesos, dólares, euros etc., porque isso muda. Além do mais, para quem vem de outro país, converter a sua moeda pode ser um pouco confuso.

Também preciso do preço em $$ porque o número de cifrões representa: ($) muito barato, ($$) barato, ($$$) médio, ($$$$) caro e ($$$$$) muito caro, dentro de um contexto. Esse contexto quem interpreta é você que esteve no restaurante.

Necessitamos dos nomes dos pratos para que os nossos leitores entrem e peçam as iguarias recomendadas por você.

Os estabelecimentos precisam ser comuns e jamais especializados. Não podem ser restaurantes vegetarianos, naturais, macrobóticos, veganos, biológicos, orgânicos etc.  

Pode indicar pizzarias, lanchonetes, churrascarias e restaurantes diversos, desde que sejam comuns, normais. A ideia é justamente mostrar que um não-carnívoro encontra comida sem carnes em qualquer lugar e que comemos a mesma comida que todo o mundo come, só que sem carnes .

Precisamos dos dados completos dos restaurantes: nome, endereço, telefone, cidade, estado e país. Depois, qual o patamar de preço (de um a cinco cifrões [$]) e qual o nível de satisfação que você sentiu (de um a cinco smiles). Na sequência, o nome de alguns pratos que constem do cardápio regular e que não contenham carnes. A proposta não é vegan. É apenas não-carnívora.

Mas, por favor, seja exigente. Imagine que quem vai lá experimentar os pratos indicados é um daqueles intolerantes radicais xiitas que fincam pé contra o seu sistema alimentar e dos que afirmam que jamais conseguiriam ter prazer em alimentação sem carnes. Os pratos recomendados precisam estremecer essas opiniões desinformadas sobre o que nós comemos.

Não me envie sugestões de pratos estereotipados, que contenham soja, tofú, shoyu, missô, algas, arroz integral, açúcar mascavo ou qualquer outra coisa que possa parecer esquisitice aos olhos dos outsiders. A comida tem que ser saborosa.  Food should taste good.

Atenção: preciso dessas informações para ontem!

Obrigado pelo Ritmo DeRose

_________________________

Queria deixar um aviso aos frequentadores do Blog que querem colaborar com o livro novo de Alimentação:

Vamos facilitar a vida do Mestre. Leia o post na íntegra antes de deixar suas sugestões. O Mestre não vai ter tempo de pesquisar todos os dados faltantes dos restaurantes, sites etc, por isso você precisa mandar os dados completos e bem organizados. Para facilitar você pode preencher os dados da seguinte forma:

Nome do restaurante:
Endereço completo e telefone:
Número de smiles (de 1 a 5):
Valor médio (de 1 a 5 cifrões):
Tem convênio conosco?
Sugestões de pratos (bebidas, entradas, pratos principais, sobremesas):

Pronto!

Beijos.

Vivi

segunda-feira, 7 de março de 2011 | Autor:

Dear Professor DeRose, I would like to share with you and our family the video with the pictures of our fantastic DeRose Culture Hawai’i 2011.

It’s a privilege to be with you specially during these moments.Thank you for the workshop, it was just fantastic.

 

 

It seems that the other video is not playing properly due to its soundtrack, so I edited with a mantra from Sankalpa. Hope this one to work better.
(Parece que o outro vídeo não está tocando devido à trilha sonora escolhida, então editei com um mantra do Sankalpa. Espero que este funcione.)

Instructor Rob LanghammerDeRose Method SoHoNew York

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 | Autor:

No ano passado, Alessandra Roldan articulou uma parceria entre o Método DeRose e a Clínica Dr. Wagner Montenegro constituindo o Projeto Bela Ação, cujo objetivo é apoiar as pessoas e entidades que querem fazer algo de bom e de útil às comunidades carentes, alinhavando contatos, unindo forças. Foi do nosso Projeto a campanha de doação de medula óssea, que reuniu centenas de doadores no DeRose Festival de São Paulo, além de outras ações. No dia 13 de janeiro de 2011, reunimo-nos no Palácio do Governo Dr. Wagner Montenegro, Daniela, Marcelo Rosenbaum, Alessandra Roldan, Fernanda Neis e DeRose com a Primeira Dama do Estado de São Paulo, Dona Lu Alckmin, para trocar ideias sobre a primeira ação deste ano.

sábado, 20 de novembro de 2010 | Autor:

Oi Mestre Queridão!
Fiquei muito triste de não ter podido te encontrar no aeroporto… Mas a vida é assim =0) Espero que tenha tido uma tarde bem produtiva e tenho certeza que a Kim cuidou bem de você.
Sempre que vier para o Rio, conte conosco no que precisar, ok?
Adorei a história da Leilane!
Diante de toda esta mudança de paradigma no mercado editorial e na áerea digital como um todo, recebi este texto do professor de produção editorial da UFRJ, que conta sobre o surgimento da prensa, com Gutemberg. Olhe que engraçado, é mais ou menos assim que algumas pessoas encaram o eBook e arquivos digitais ;o)

“Logo que Gutenberg e Schoeffer terminaram a última folha de sua monumental Bíblia, o financista da firma, Johan Fust, tomou para si cerca de uma dúzia de exemplares, a fim de verificar a melhor maneira de colher os frutos de seus pacientes investimentos. E para onde se voltou ele, em primeiro lugar, para converter suas bíblias em dinheiro? Dirigiu-se a Paris, então a maior cidade universitária na Europa, onde mais de 10 mil alunos lotavam a Sorbonne e outras faculdades. E o que encontrou ele naquela cidade para seu amargo desprazer? Uma corporação bem organizada e poderosa, a guilda do forte comércio livreiro, a Confrérie des Libraires, Relieurs, Enlumineurs, Écrivains et Parcheminiers […] fundada em 1401 […] Alarmados pelo aparecimento de um forasteiro detentor de tesouro tão inaudito, quando constataram que ele estava vendendo uma Bíblia atrás da outra, chamaram logo a polícia e apresentaram seu abalizado veredicto de que tal quantidade de livros valiosos só poderia estar na posse de um só homem mediante a ajuda do próprio diabo. Fust teve de fugir para salvar a pele, ou sua primeira viagem de negócios teria terminado numa vexatória fogueira…”

EISENSTEIN, Elizabeth. A revolução da cultura impressa: os primórdios da Europa Moderna. São Paulo: Ática, 1998.

Ai de mim se estivesse naquela época =0)
Muitos e muitos beijos e ótimo festival!!!!!
BeijosCaki

_______________________

Nós estamos vivendo naquela época. Não mudou nada! Eu vivo driblando a fogueira. Ainda bem que conto com um exército de combatentes corajosos e sempre alertas como você para não permitir a vitória das forças obscurantistas.

“Antigamente, queimavam os hereges com lenha. Hoje, queimam-nos com jornais.”  DeRose
domingo, 3 de outubro de 2010 | Autor:

O Festival de Saquarema (só para instrutores) será nos dias 19, 20 e 21 de novembro.

Lembre-se de que nos nossos festivais, Matando um leão e Insight só é permitido se inscrever através da sua unidade.

Não é permitido fazer sua inscrição individual. É o seu Diretor quem encaminha as inscrições.

 

Quero deixar aqui registrado meu agradecimento à Ro de Castro e à Sónia Saraiva que, em virtude de compromissos meus inadiáveis, aceitaram alterar as datas dos respectivos eventos.

Gosto muito quando não ocorrem essas alterações e fico bem feliz quando conseguimos agendar todos os cursos e viagens com um ano de antecedência. Também sou admirador da estabilidade e detesto alterações, especialmente as de última hora. Mas tive que acatar estas mudanças de datas, já que não dependiam da minha vontade.

A compreensão da Ro e da Sóninha foi uma louvável demonstração do senso de responsabilidade pelo bem-estar coletivo e pelo meu em particular.

Sónia Saraiva teve até mesmo que cancelar o DeRose Culture, pois, devido à mudança da data, perdeu o local que havia sido reservado e não foi possível alugar outro espaço grande o suficiente para receber tantos instrutores e alunos de vários países. A Ro de Castro teve que alterar duas vezes sua data.

Meu agradecimento do fundo do coração a essas duas Guerreiras do SwáSthya, amigas queridas de tantos anos.

Uma forma de retribuir o desapego e a colaboração das duas organizadoras de eventos, bem como compensar os prejuízos daí advindos é todos nós promovermos bastante a difusão dos dois eventos.

Vamos divulgar nos nossos sites, blogs, facebooks etc.:

  1. Festival da Ro, pedindo a todos os instrutores que ajudem, inscrevendo-se com a maior antecedência possível e incentivando os demais colegas para que façam o mesmo. Lembre-se de que o Festival da Nina teve suas vagas esgotadas com mais de dois meses de antecedência. Isso é um excelente sinalizador da prosperidade e do engajamento do nosso pessoal.
  2. Meus cursos em Paris organizados pela Sónia Saraiva, programando sua viagem e comprando as passagens com antecedência para conseguir melhores preços. Fazer um curso com DeRose em Paris é chiquérrimo e você ainda vai aproveitar para visitar a Cidade Luz, seus museus e monumentos.

Meus cursos em Paris serão realizados em 4 e 5 de dezembro.

Leia mais »