quinta-feira, 30 de setembro de 2010 | Autor:

A favela do Real Parque, que está na região de atuação do Rotary Clube de SP Morumbi pegou fogo. Foram cerca de 300 barracos destruídos e centenas de desabrigados, ficando apenas com a roupa do corpo.

O Rotary Clube de SP Morumbi, em conjunto com o Projeto Casulo e Igreja Nossa Senhora da Providência solicitam sua ajuda no sentido de auxiliar estas pessoas a recomeçarem suas vidas.

Atualmente a Defesa Civil está fazendo um levantamento da quantidade exata de famílias para providenciar moradia, mas nós podemos auxiliá-los doando gêneros de primeira necessidade, tais como roupas, colchões e artigos de higiene pessoal (fraldas, escovas de dente, sabonetes), que, no momento, são os itens mais urgentes.

As doações poderão ser entregues, inclusive neste final de semana, nos seguintes locais:

Projeto Casulo
Rua Paulo Bourrol, 100 (Real Parque)
Telefones: 3758-0506 com Nilton, Sueli ou Sandra.
A 50 metros da Rua Duquesa de Goiás (em frente à escola Objetivo).

Paróquia Nossa Senhora da Providência
Rua Visconde de Nacar, 46
Telefones: 3758-4908 com Padre Alexandre ou Elisete

Se precisar de mais informações, pode-se enviar e-mail para nosso clube (info@rotarymorumbi.org.br) ou falar com Alexandre Gaeta (Tel. 9252-9009).

Aguardamos sua ajuda. Colabore!

Rotary Club São Paulo Morumbi
info@rotarymorumbi.org.br
www.rotarymorumbi.org.br

terça-feira, 22 de junho de 2010 | Autor:

Como sempre, nosso exército dos Guerreiros do Método vai ajudar. Vamos doar roupas, alimentos não perecíveis e água potável, entre outras coisas. Por enquanto, não mande dinheiro porque é de fácil extravio e acaba não chegando a quem precisa. As outras doações devem ser feitas e instituições confiáveis como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil. Se algum dos nossos colegas tiver mais informações sobre como ajudar melhor, por favor, informe-nos.

Leia mais »

sexta-feira, 21 de maio de 2010 | Autor:

Talvez por estarmos muito perto de nós mesmos, não podemos contar com a perspectiva, nem com uma visão comparativa de grande angular e, com isso, não percebemos a relevância que estamos imprimindo na História e na criação de um mundo melhor. No espaço de oito dias, recebemos mais duas condecorações. Na terça-feira, dia 11 de maio de 2010, fomos agraciados com a Cruz do Anhembi, na Câmara Municipal. Uma semana depois, quarta-feira, dia 19 de maio de 2010, recebemos a Medalha da Defesa Civil, no Palácio do Governo. Quase todos os agraciados eram oficiais da Polícia Militar. Ao ser convidado para tomar o microfone e agradecer em nome dos demais condecorados, mencionei o privilégio que é poder colaborar com a Casa Militar, com a Defesa Civil e com o governo do Estado de São Paulo. Fi-los saber que eu estava apenas representando nossos instrutores e alunos, pois esses é que merecem essas láureas, uma vez que são eles que estão no front, realizando um lindo e importante  trabalho junto à sociedade.

_____________

Querida egrégora.

Ontem tive a oportunidade de acompanhar o DeRose em uma solenidade de entrega de uma comenda junto com a Juliana Varaschin, Gisele Setti e Fábio Euksuzian. Desta vez, a homenagem foi prestada pela Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo.

O evento tomou lugar no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. O local impõe respeito. Primeiro, pela tradição histórica e, segundo, porque grandes decisões políticas foram e são tomadas ali.

Sabe o que mais me impressionou? As portas abertas que nosso Mestre encontrava. Era sempre tratado com muita deferência. Foi saudado por vários coronéis, majores, capitães, tenentes e muito bem recebido pelo anfitrião, o Secretário de Estado. Além disso, fomos convidados a tomar um delicioso café da manhã na sala dos oficiais (só nós, dentre todos os agraciados!). Todos o chamavam pelo nome, demonstrando como é conhecido. Além disso, somente nós e mais um agraciado tivemos o privilégio de esperar o início da solenidade numa sala especial, muito mais confortável.

Não bastasse isso, o Secretário-Chefe da Casa Militar convidou-o para discursar, representando todos os homenageados. Tivemos aí mais um reforço de que nosso Mestre é muito querido nesse meio.

Tudo isso deixou-me muito feliz, pois uma das coisas que nós mais queremos é que o trabalho do Mestrão seja cada vez mais difundido. Sabemos que ensinamos um ideal que pode mudar o mundo, de verdade. Todas essa comendas que o DeRose vem recebendo mostram que estamos no caminho certo e ao mesmo tempo aumenta nossa responsabilidade de fazer um trabalho cada vez melhor.

Que cada um de nós tenha ainda mais força e determinação. Que essas comendas, que o Mestre diz que são nossas também, nos encham de auto-estima e nos impulsionem para um futuro ainda mais promissor.

Parabéns, Mestre! Muito obrigado pelo privilégio de acompanhá-lo na cerimônia e por ter mostrado-me esse ideal de vida.

Um grande beijo a todos e até breve!

Nilzo Andrade

Link para as fotos:

http://blog.nilzoandradejr.com/derose-sendo-condecorado-pela-casa-militar-do

link para o vídeo da entrega da comenda:

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 | Autor:
flaabdo

httpv://www.youtube.com/watch?v=yGrU0ncYuIk

Mestre aqui está o link do Debate com Mestre DeRose-Qualidade de vida em SP, promovido pela Fiesp. abraços mestre .

Leia mais »

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010 | Autor:

Quem não nos conhece e lê os posts assistenciais, de filantropia e responsabilidade social pode pensar que esse é o nosso foco: apagar incêndios. Correr atrás do prejuízo. Na verdade, não. Nosso foco não é dar um peixe para saciar a fome do momento e deixar as pessoas eternamente na dependência da caridade alheia. Não.

Nosso foco é ensinar a pescar proporcionando assim a auto-suficiência (SwáSthya). Nosso foco é mudar o mundo. Nosso foco é prevenir para evitar que as pessoas precisem o tempo todo da filantropia. Como fazemos isso? Com educação e cultura. Com a reeducação dos jovens e de toda gente para que adotem uma nova atitude, um estilo de vida sem fumo, sem álcool e sem drogas. Conseguimos isso com a profissionalização dos jovens para proporcionar a eles mais dignidade e lucidez, afastando-os das ruas e da criminalidade – incluídos aí os filhos da classe média e média alta que tantas vezes se envolvem com o crime por causa das drogas.

Isso não nos impede de prestar assistência a quem necessitar, dentro das nossas possibilidades. Uma vez que dispomos de um veículo com tanto alcance como este blog, não utilizá-lo para ajudar a quem precisa seria um desperdício e uma desumanidade.

Nós ainda somos pequenos em comparação com os nossos ideais. Mas já temos muitos livros publicados em várias nações, já estamos em tantas cidades do Brasil e em tantos países da Europa e das Américas! Estamos crescendo, mesmo tendo que lutar contra a correnteza. Mesmo tendo que lutar contra aqueles obscurantistas que tentam o tempo todo nos impedir e nos excluir.

E, no entanto, estamos vencendo porque a Luz não deve temer a Treva, pois quando as duas se confrontam é sempre a claridade que faz a escuridão recuar e nunca o contrário.

Há anos, estamos recebendo repetidamente o reconhecimento do Governo do Estado, da Defesa Civil, do Exército, da Polícia Militar, da Ordem dos Parlamentares do Brasil, da Câmara Municipal, da Associação Paulista de Imprensa, do Rotary, da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História, da Ordem do Mérito Cívico e Cultural, além de várias faculdades e universidades.

Com a sua ajuda, conseguiremos que a grande Imprensa tome conhecimento de tudo isso e nos auxilie na criação de uma consciência maior da opinião pública a respeito de quem somos nós realmente e sobre o que nos propomos. Com isso, conseguiremos atuar de forma muito mais abrangente pela juventude, pelo país e pela humanidade.

É importante divulgar o arquivo com a entrevista de Portugal, cujo vídeo se encontra neste blog (Entrevista sobre a Nossa Cultura, gravada na Europa), copiá-la em DVD e ofertá-la de presente a todos os formadores de opinião, jornalistas, políticos, autoridades, reitores, parentes, amigos, colegas de trabalho, de faculdade e de esporte. É preciso que nos conheçam. Quem nos conhece gosta imediatamente do que preconizamos.

Conto com a sua ação efetiva.

Leia mais »

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010 | Autor:

Sentimos uma forte comoção pelo falecimento da Dra. Zilda Arns, baluarte insubstituível da Pastoral da Criança e de tantas obras assistenciais pelo Brasil e por outras nações.

Da mesma forma, solidarizamo-nos com as famílias e amigos dos militares que estavam em missão humanitária no Haiti e foram vitimados pelo terremoto.

Nossos alunos e instrutores colocam-se à disposição da Defesa Civil e dos órgãos governamentais que estão prestando assistência aos brasileiros que lá se encontram e aos habitantes do Haiti, bem como aos familiares aqui no Brasil. Por favor, digam-nos como podemos direcionar nossa boa vontade de forma objetiva.

________________________________________

  Terezinha Dias

Oi Mestre.

Deixo o link e a notícia postada para quem quiser contribuir de forma efectiva para a ajuda ás vitimas do sismo no Haiti.
beijos

Tere

http://dn.sapo.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1469757&seccao=EUA%20e%20Amricas

Em Portugal e por todo o mundo, são já muitas as campanhas de solidariedade em curso para permitir a cidadãos anónimos ajudar na resposta à catástrofe que assolou o Haiti na terça-feira.

Cruz Vermelha Portuguesa

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) vai enviar para o Haiti 25 mil euros do seu Fundo de Emergência para ajudar as vítimas do violento sismo de terça-feira e lançou uma campanha para a recolha de mais donativos.

O lema da campanha é “Ajude o Haiti, agora!” e os donativos para o Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa – apelo vítimas do Haiti – podem ser realizados nas caixas multibanco ou através de ‘netbanking’, na opção ‘pagamento de serviços’, marcando 20999 na entidade e 999 999 999 na referência.

Poderá ainda ser feito um depósito ou transferência bancária para as contas CVP – Fundo de Emergência, disponíveis em nove instituições bancárias ou através de um cheque ou vale postal pagável à CVP – Fundo de Emergência, Departamento Financeiro da Sede Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa (Jardim 09 de Abril, n.º1 a 5, 1249-083, Lisboa).

Cáritas Portuguesa

A associação lançou uma campanha de solidariedade e disponibilizou de imediato uma verba de 5 mil euros à Cáritas do Haiti para ajudar as vítimas do sismo de terça-feira.

A organização espera que, tal como aconteceu em campanhas anteriores, o povo português “dê uma resposta ampla, generosa e inequívoca” perante a devastação que atingiu este país das Caraíbas. Quem quiser contribuir pode “fazer o seu donativo na conta «Cáritas Ajuda Haiti», com o NIB 003506970063000753053, da Caixa Geral de Depósitos..

AMI

A Assistência Médica Internacional também lançou uma campanha para a sua missão de emergência no Haiti, que envia hoje para aquele país uma equipa exploratória cujo objectivo e fazer um levantamento das necessidades das zonas afectadas pelo sismo.

A AMI apela aos donativos para ajudar a “reconstruir as vidas que ficaram destruídas”. Para contribuir, pode fazer uma transferência bancária através do NIB: 0007 001 500 400 000 00672; no Multibanco, basta seleccionar o menu “Pagamento de Serviços” e inserir Entidade: 20909 Referência 909 909 909 e a quantia que escolheu doar.

UNICEF

A UNICEF, com equipas de emergência no Haiti, pôs em prática “um apelo urgente” à contribuição para ajudar as vítimas do sismo. Em comunicado, explica que “os fundos são urgentemente necessários para proporcionar água potável, abrigo temporário, artigos de saúde essenciais e outros bens de primeira necessidade.”

É possível contribuir a partir deste link, preenchendo um formulário que permite duas opções: seleccionando a opção de gerar, automaticamente, uma referência multibanco, ou inserindo o número de cartão de crédito – a UNICEF garante a segurança da transacção através da Internet.

  Ana Carolina Tavares

Fiquei muito triste ao ver as noticias do terremoto e suas vítimas. Como geóloga, sei que é possivel avaliar a probabilidade de ocorrência de um terremoto dessa magnitude, no entanto, é praticamente inpossível prever quando ocorrerá. Se não se tratasse de local tão miserável, onde falta o básico para sobrevivência, talvez o país estivesse mais preparado e o terremoto não seria tão devastador. Abaixo seguem as contas que estão recebendo doações aqui no Brasil. A principio as instituições só estão recebendo dinheiro devido a dificuldade de transporte de mantimentos:

Embaixada da Republica do Haiti
CNPJ: 04170237/0001-71
Banco do Brasil
Ag. 1606-3
Conta: 91000-7

Comitê internacional da Cruz Vermelha
CNPJ 04359688/0001-51
Banco HSBC
Ag. 1276
Conta: 14526-84

Movimento Viva Rio (No Haiti desde 2004)
CNPJ 00343941/0001-28
Banco do Brasil
Ag. 1769-8
Conta: 5113-6

  shanabielkin

Oi, Mestre
fiquei na dúvida se as informações que a Tereza deu serviam aqui para o Brasil e fui dar uma olhada na internet para ver como que o pessoal daqui podia ajudar….

encontrei no G1 as informações…

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1445754-5602,00-VEJA+COMO+AJUDAR+AS+VITIMAS+DO+TERREMOTO+NO+HAITI.html

bjs

  joaquina

Investigando esncontré algunos sites para hacer donaciones

Cruz Roja Argentina habilitó la siguiente cuenta bancaria para recibir colaboraciones destinadas a la recuperación de las familias damnificadas de Haití:

BANCO DE LA NACION ARGENTINA
SUC. CONGRESO
Av. Callao 101 C.A.B.A.
CRUZ ROJA ARGENTINA-CATASTROFES
CTA CTE Nº 91344/97
CBU Nº 01100129-20000091344977
CUIT: 30-54603392-5

Para más información: Cruz Roja Argentina, Sede Central +54 11 4952-7200 – http://www.cruzroja.org.ar

Links de interés:
http://www.ifrc.org/sp/index.asp
http://www.wfp.org/
http://www.yele.org/

 Maestro Edgardo Caramella

Maestro, como muchos argentinos leen tu Blog, me parece bueno difundir este mensaje para activar la ayuda rápida a Haití. Te parece? Abrazo fuerte!!!

Queridos amigos, seguramente todos están enterados y sensibilizados por la tremenda tragedia que afectó a Haití. Centenas de miles de personas se encuentran en estado de total abandono. A veces es bueno imaginar que la misma situación podría afectarnnos también a nosotros, en cualquier momento. Por ejemplo, para tener una dimensión más cercana de las probabilidades: ayer se registró un temblor en la ciudad de Jujuy, en nuestro país. Por suerte de baja intensidad.
Amigos, la mejor manera de ayudar es por medio de la Organización Unicef, haciendo una donación de dinero. Es muy simple y rápido: accedan al site http://www.unicef.org.ar/ y colaboren. Pensemos que cinco o diez pesos pueden significar la comida de un día para un niño abandonado…y no modificará en absoluto nuestra realidad.
Confío en su sensibilidad para esta oportunidad.

Un abrazo agradecido,

 Johnny

Así es Mestre.
Haití necesita mucha ayuda. Es un país muy pobre y con muchos problemas sociales.
Hoy hubo un segundo terremoto de 6,1 cerca de Puerto Príncipe, y derrumbó todos los edificios que habían quedado afectados del terremoto anterior.
Es una situación muy difícil.
Desde República Dominicana (que comparte la isla con Haití) se está enviando mucha ayuda humanitaria y económica pero no es suficiente.
Tanto la UNICEF como la Cruz Roja están recibiendo colaboraciones.
Ojalá que todos podamos ayudar, y que los instructores motiven a sus alumnos a hacerlo.
Así mismo, esperemos confiados que estos eventos cesen y que tanto los haitianos como los dominicanos encuentren tranquilidad y sosiego en estos momentos.
Que bueno que su blog sea un canal para promover este tipo de ayuda.
Un abrazo grande Mestre.

Johnny M.

 

John Chisenhall

Mestrão!
Think Different: think DeRose Method
I love it!

I am here in New York until tomorrow visiting Marcelo and having a great time discussing and thinking about the future of the DeRose Method here in the USA. I had the wonderful privilege to be invited by Marcelo to stay at the school while here. We will be attending a workshop at the esteemed Baruch University Business Center, so the visit has been a great learning experience for both of us.

The experience is proof once more that I have chosen an profession.

If there is anyone in the USA interested in donating to Haiti, I can recommend the group I donated through to support the Haiti situation, the organization is World Vision (www.worldvision.org).

We are thinking of you!
All the best!

Instr. John Conway Chisenhall
Sede Decana – Argentina
Monitored by Master Edgardo Caramella

Leia mais »

terça-feira, 14 de julho de 2009 | Autor:

Se você tem algum agasalho que possa doar, corra! Esta semana termina a arrecadação e teremos que levar as caixas à Defesa Civil. Você pode levar suas doações a todas as unidades do Método DeRose no Estado de São Paulo. Se você não souber quais são os endereços, basta entra no nosso site www.uni-yoga.org.

Leia mais »