sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011 | Autor:

Os Estatutos do Homem – Ato Institucional Permanente (Thiago de Mello)

Artigo I
Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II
Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

Artigo III
Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo IV
Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:
O homem, confiará no homem
como um menino confia em outro menino.

Artigo V
Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

Artigo VI
Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo VIII
Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

Artigo IX
Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor.
Mas que sobretudo tenha
sempre o quente sabor da ternura.

Artigo X
Fica permitido a qualquer pessoa,
qualquer hora da vida,
uso do traje branco.

Artigo XI
Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.

Artigo XII
Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

Parágrafo único:
Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.

Artigo XIII
Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

Artigo Final.
Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem.

(Santiago do Chile, abril de 1964 dedicado a Carlos Heitor Cony)

_____________

Eu adicionaria a este manifesto: “Fica decretado que humanos não mais se autodeclararão superiores aos outros animais, já que são iguais em sua capacidade de sofrimento, e nem senhores da Natureza, mas parte dela…” .
Um ótimo dia, um abraço forte e meu agradecimento sem fim!
Juliana (Unidade Granja Viana)

segunda-feira, 1 de março de 2010 | Autor:

Chego em casa com o corpo cansado mas o coração feliz. Acabamos de realizar o maior evento do país em comemoração do Dia do Yôga por Lei Estadual em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Ceará, Piauí e Pará, além do Distrito Federal. Simultaneamente, Portugal e Argentina também realizaram festejos.

No Brasil, o evento teve lugar no Citibank Hall que lotou com mais de seiscentos praticantes, entre instrutores e alunos de mais de vinte cidades.

A cerimônia começou com a entrada solene da Bandeira Nacional ao som do Hino à Bandeira. Em seguida a Banda Marcial do Exército executou o Hino Nacional que foi respeitosamente entoado por todos os presentes.

Depois de um átimo de intervalo, tivemos um show de mantras executado por Charles Maciel e sua banda contagiante. Dava gosto ver a moçada acompanhando em coro os mantras em sânscrito, cujas letras a maioria sabia de cor, e reagindo com alegria sincera, como nos grandes shows de celebridades da música.

Após os mantras, a instrutora Virgínia Barbosa, de São Paulo, apresentou sua coreografia: a coisa mais linda! Depois, o Diretor da Unidade Asa Norte, de Brasília, demonstrou que as leis da física estão equivocadas, assim como as da anatomia, mediante sua coreografia avançadíssima com domínio magistral do corpo.

Na sequência, o Hino da União Nacional de Yôga, ouvido por todos respeitosamente em pé.

Em seguida uma homenagem ao Deputado Dennys Serrano, Presidente da Ordem dos Parlamentares do Brasil, que proferiu algumas palavras emocionadas sobre o trabalho edificante que é realizado pelas centenas de instrutores que ensinam o Método DeRose.

Começou a prática com um poderoso pújá a Shiva, o criador do Yôga. Alguns pránáyámas, kriyá, ásanas, yôganidra, mantra e samyama. Foi emocionante.

Ao final, as homenagens. Primeiramente ao Colegiado de Presidentes das Federações de vários estados do Brasil, da Argentina, de Portugal, da França e da Inglaterra. Uma homenagem póstuma à Profa. Renata Sena, que foi a introdutora do nosso Método em Paris. Tudo foi acompanhado em direto pelo telão em Portugal e tivemos oportunidade também de assistir a algumas tomadas transmitidas de Portugal para cá. Re-emocionante.

Depois, a homenagem aos organizadores do evento, que são os membros do Conselho Administrativo da União Nacional de Yôga. Esses, são os Diretores de Unidades Credenciadas que se dispõem a reunir-se todas as semanas para deliberar sobre os desígnios da nossa União. Foram homenageados também os Diretores Dantas e Gustavo que não fazem parte do Conselho mas que ajudaram muito na organização do evento. Tri-emocionante.

Receberam homenagens especiais a instrutora Carla Mader pelo exemplo de solidariedade, a Instrutora Chandra DeRose pelo exemplo de autossuperação e a Profa. Fernanda Neis pela maestria com que conduz a nossa egrégora.

Foram homenageados ainda o Dr. Wagner Montenegro pelo projeto Bela Ação, que atende a comunidades carentes, da qual a Dona Lu Alckmin é a madrinha e nós somos o parceiro número um.

Foram elaborados Diplomas de reconhecimento ao Deputado Edson Aparecido (que elaborou o projeto de Lei do Dia do Yôga em São Paulo), ao Dr. Geraldo Alckmin (que, quando Governador do Estado sancionou a Lei 11.647, instaurando o Dia do Yôga) e ao Assessor Especial do Governador, o então Deputado Edmur Mesquita.

Na saída, todos receberam como cortesia um exemplar de luxo do livro Yôga Sútra, de capa dura, gravada a ouro.

Tudo correu conforme o planejado, começou no horário, terminou no horário e foi tão bem organizado que não posso deixar de parabenizar mais uma vez os promotores do evento, membros do Conselho Administrativo: Fernanda Neis, Charles Maciel, Flávio Moreira, André Mafra, Daniel Borges, Gisele Setti, Rosana Ortega, Heloiza Gabriolli, Daniel De Nardi. E mais o Dantas e o Gustavo Oliveira.

As fotos do evento serão inseridas neste post assim que as recebermos.

Se você esteve lá, escreva um comentário com as suas impressões, suas emoções, para compartilhar com aqueles que não conseguiram vaga e com os que não puderam participar por qualquer razão. Não se esqueça de informar qual é a sua unidade, cidade e estado.

Estou aguardando sua manifestação aqui no blog.

________________

Mestre a aula foi fantástica!

Aqui em Portugal foi uma emoção partilhar esses momentos únicos. Obrigado.
Aqui vai o video com as fotos do nossa aula lusa

http://www.youtube.com/watch?v=sAfH-Ru2o84

beijinhos e ron-rons

Instrutora Martinha, Unidade Antas, Portugal

_________________

Sumándonos a los festejos que se realizaron en Sao Paulo y otras ciudades del mundo, el sábado 27 de febrero celebramos el dìa del Yôga en Buenos Aires con un mega ashtánga sádhana dictado por el Maestro Edgardo Caramella.

Mestre, te mando unas fotos para compartir.
El álbum completo con las fotos está en: http://picasaweb.google.com/natalia.sanmartin/DiaDelYogaEnBuenosAires#

Muchas gracias a Natalia Sanmartín por las fotos,

Mestre te mandamos todos los participantes un abrazo gigante!

Instructora Luchia, Buenos Aires, Argentina

Leia mais »

sexta-feira, 10 de abril de 2009 | Autor:

Se você acha que deve ser com fundo branco, acho melhor postar logo o seu voto!

Leia mais »

quinta-feira, 9 de abril de 2009 | Autor:

Considerando que as cores da Uni-Yôga (não do brasão, mas as da logomarca) são o bleu, blanc, rouge, surgiu a sugestão de aplicarmos o azul no fundo, ao invés do branco. A justificativa é a de que permaneceria a homenagem à cidade de São Paulo, mas com um diferencial de cor para não ser muito semelhante. As duas propostas aí vão para que você emita a sua opinião:

Daniel Cambría
Oi Mestre.
Só para ver como fica com o fundo azul.
Beijos!

bandeira_2_091.jpg

bandeira_2_091.jpg

Leia mais »

terça-feira, 31 de março de 2009 | Autor:

 

Descrição:

O branco simboliza a paz, a pureza, a temperança, a verdade, a franqueza, a integridade e a amizade. O vermelho simboliza a audácia, a coragem, o valor, a galhardia, a generosidade e a honra. A Cruz de Cristo evoca nossas origens lusitanas. O círculo é o emblema da eternidade afirmando a posição da Uni-Yôga como referência no que diz respeito ao tema.

Fundamentação:

Escolhemos a Cruz de Cristo, ou Cruz dos Templários, em alusão à bravura dos navegantes lusitanos que aqui chegaram, como gratidão ao tanto que devemos à nossa Terra-Mãe. Reproduz a bandeira do município de São Paulo em homenagem a essa cidade que hospeda a Sede Central da Uni-Yôga e que teve a generosidade de conferir ao seu fundador o digníssimo título de Cidadão Paulistano. Essa honraria foi concedida a muito poucos daqueles que migraram para São Paulo, provenientes de outras “nações” do subcontinente brasileiro.  

Leia mais »

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009 | Autor:

 

A organização impecável da prática de ashtánga sádhana do dia 14 em comemoração ao Dia do Yôga que transcorrerá no dia 18 de fevereiro, foi uma demonstração inequívoca do ápice em que nos encontramos hoje.

Imagine o que é divulgar e organizar um evento para 600 pessoas, imprensa e autoridades, conseguir os patrocinadores e apoiadores, 50 litros de chai, bem como os brindes (cada participante recebeu um mat de EVA, uma sacolinha com o logo do Dia do Yôga contendo um livro, uma caixa com barrinhas de cereais, uma água Genuína Lindoia, um bloco de anotações, um lápis com a marca da Uni-Yôga oferecido pelo Yôga Office e mais uma porção de coisas). Depois, administrar a chegada de toda aquela gente, recepcioná-los, encaminhá-los aos seus lugares, providenciar tudo o que o ministrante iria necessitar para sentir-se confortável e descansado, tudo o que a banda Shivaratri iria necessitar, tudo o que os demonstradores poderiam querer, som, luzes, praticáveis, câmeras, vídeo-conferência para Portugal… e mais uma infinidade de coisas que nós não percebemos, mas que foram feitas desde cedo.

Fernanda foi para o local do evento às oito da manhã e ficou comandando o batalhão de colaboradores até o horário da aula. Como ela, os membros do Conselho Administrativo da União Nacional de Yôga e mais uma quantidade de voluntários.

Eu cheguei às 12;30 e logo em seguida uma quantidade de gente começou a chegar. Os primeiros, chegaram mais cedo para se oferecer, caso os organizadores necessitassem, para ajudar.

À frente da sala as bandeiras do Brasil, da Índia e da Uni-Yôga. No salão, um mar de gente que não parava de entrar. Todos felizes, cumprimentando com beijinhos e abraços aos amigos que não viam há tanto tempo, às vezes uma rápida explosão de palmas devida a alguma coisa ocorrida no palco, muita alegria, mas nenhuma bagunça. Seiscentas pessoas e nenhuma indisciplina, nenhuma reclamação, ninguém quebrou nada, ninguém solicitou os organizadores, ninguém assediou o ministrante! Muita gente pediu para tirar fotos com o DeRose, mas isso é natural e é simpático.

Não queríamos atrasar e conseguimos cumprir a proposta da pontualidade. Até mais do que isso. Às 14:45 já havia bastante gente que estava ali há quarenta minutos e até mais. Então, resolvemos dar a esses um presente especial pela boa vontade e colaboração por terem chegado cedo: começamos quinze miutos antes das 15 horas com um show de mantras da banda Shivaratri que arrasou sob a batuta do Charles Maciel! Tivemos a participação especial do nosso aluno Renato Herédia, roqueiro bastante conhecido e muito querido.

Terminado o show de mantras, fizemos a abertura oficial do evento com o Hino da Uni-Yôga. Foi emocionante, ver aquela legião de yôgins se levantando espontaneamente para escutar respeitosamente de pé o nosso hino.

Um ponto alto foi quando a técnica abriu o som e pudemos escutar ao vivo as ovações e gritos de alegria dos colegas de Portugal que estavam praticando ao mesmo tempo e nos assistindo por vídeo-conferência. Em Portugal, reunimos, proporcionalmente, vinte vezes mais pessoas que no Brasil, considerando a população do país. Nessa hora, muita gente aqui no Brasil chorou de emoção!

Depois, vieram as brilhantes coreografias da Virgínia Barbosa, do Anderson Gouveia, da Yael Barcesat e do Arthur Costi, que impressionaram até quem já as conhecia (e muito mais aos convidados VIPs que nunca tinham visto aquilo e nem imaginavam como o seria o nosso Método!). Na sequência, o ashtánga sádhana de quase duas horas. Após, cantaram parabéns e fizemos o lançamento com autógrafos do livro Programa do Curso Básico, totalmente renovado. Mais tarde, tivemos a Festa Clean na Unidade Higienópolis que impressionou um jornalista presente, devido à ausência de fumo e de álcool e pela beleza das pessoas.

Contamos com participantes de seis países! Vieram praticantes de várias cidades do estado de São Paulo, de todas as “nações” do Brasil e também da Argentina, do Peru, de Portugal, da França e do México.

Agradecimentos especiais

Conselho Administrativo:

Fernanda Neis, Charles Maciel, Flávio Moreira, Daniel Borges, Daniel De Nardi, Gisele Setti, André Mafra, Fábio Euksuzian, Heloiza Gabriolli e Rosana Ortega.

Diretores e Instrutores:

Marcela Rodrigues, Carla Cordeiro, Duda Carvalho (Unidade Itaim), Vivi e Gabriel Pessoa (Unidade Jardins), Filipa Loureiro (Espace Energie – Paris), todo o pessoal do YôgaPress e da Agência Swásthya (ambos divisões da Unidade Anália Franco), Dantas (Unidade Lapa), Joaquim e Marcus (Unidade Alphaville), Ivani e Dani (Unidade Berrini).

Demonstradores:

Instrutores Virgínia Barbosa, Anderson Gouveia, Yael Barcesat e Arthur Costi.

Guias que demonstraram as técnicas durante a aula:

Os irmãos instrutores Gisele Corrêa e Walmir Corrêa.

Responsável pela transmissão para Portugal:

Aluno da Unidade Anália Franco Osvaldo Coelho, dono da empresa Condax – Videoconferências, Webconferências e Computadores.

Recepcionistas e organizadores das filas:

Instrutores Patrícia Mezzomo e Dantas de Medeiros

Consultoria de comunicação:

Alessandra Roldan

Assessoria de Imprensa:

Instrutora Cherrine Cardoso, que também ajudou cuidando da netinha da dona Lu Alckmin.

Organização do lançamento do livro Programa do Curso Básico:

Equipe da Unidade jardins

Festa clean de congraçamento, à noite:

Equipe da Unidade Higienópolis

Alunos gurusêvins:

Das Unidades Plaza Sul (Alessandra Fernandes e Alexandre Kato), Itaim (favor informar seus nomes), Brooklin (Rafael Maroto e Paulo Roberto de Carvalho e a instrutora Ana Paula Capellaro) e Anália Franco (Alan Hecktor, Rafael Santana, Rafael Ramos, Thiago Arruda, Renata Barcellini, Rodrigo Garcia, Liliane Barbosa, Juliana Paschoalin, Thais Turta, Francine Fernandes, Fabio Oliveira, Danilo Cassola, Marcelo Filhou, Carlos Episcopo); Ana Gabi, treinadora da Jaya que ficou cuidando dela; Renatinha Andrade; e outros.

Presidentes de Federações que compareceram para abençoar o evento:

Edgardo Caramella (Argentina), Sérgio Santos (MG), Maria Helena Aguiar (PR), Joris Marengo (SC), Nina de Holanda (SP), Ricardo Mallet (RS), Maria Teresa Milanez (DF), Vanessa de Holanda (RJ). Com destaque especial para o Ricardo Mallet que se ofereceu para trazer seu microfone head-set, e me facilitou imensamente o trabalho.

Participações especiais:

A ex-Primeira Dama do Estado Dona Lu Alckmin, o jornalista do Estadão Felipe Machado e nossa querida aluna Halana Resende representando o Deputado Edson Aparecido e o ex-Deputado Edmur Mesquita.

Equipe do YôgaPress:

Flávio Moreira – direção geral
Cherrine Cardoso – assessoria de imprensa e pautas de entrevistas
Mariana Beluco – entrevistas
Marina Engler – redação
Fabricio Ferrari – fotografias
Grace Cristina – câmera 1
Ivy Fasanella – câmera 2
Flavio Giusti – câmera móvel
Laura Ferro – apoio filmagem
William Camara – apoio videoconferência
Osvaldo Coelho – realização e direção videoconferência
Gisele Correa – demonstradora

Agência SwáSthya, que cuidou da identidade visual e comunicação do evento:

Direção e coordenação – Professor Flávio Moreira
Gerente de projeto – Instr. Mariana Beluco
Direção de arte e [i]designer[/i] – Flavio Giust
Programador e [i]webmaster[/i] – Danilo Cassola
Coordenadora multimídia – Marina Engler

http://www.swasthya.com.br

Patrocinadores e apoiadores:

Viva Yôga Brasil, Ponto de Cultura, Ministério da Cultura
Cultura Viva
Faculdade Drummond
Colégio Alvorada
Água Genuína Lindoya
KG Inter

E as dezenas de pessoas que se ofereceram espontaneamente para ajudar!

 Se alguém não foi citado, queira informar para que seja incluído.

Agradecimento Muito Especial

Acima de tudo, quero que todos saibam que o cérebro e o coração por trás de toda a organização foi da minha amada shaktí Fernanda Neis, a quem agradeci lá mesmo, mas sinto que preciso agradecer novamente aqui e mesmo que continuasse agradecendo todos os dias, não chegaria aos pés do seu mérito. Fée é a pessoa que me ilumina os dias e acalenta as noites, preservando minha saúde e permitindo que eu possa dar vazão à inspiração literária que me leva a produzir livros, informativos, artigos, cartas e outros textos sem ter que me preocupar com mais nada. Fée é o arrimo e escudo que barra as incomodações e agressões, colocando-se na frente para me proteger, poupar-me de estresses, tristezas ou decepções. Fée é a fada e o anjo que sacrifica o seu tempo e a sua saúde para que eu recupere a minha. Tudo que eu puder fazer por ela é pouco. E tudo o que você puder fazer por ela ainda é pouco. Se nossa filosofia é matriarcal, Fernanda é o perfeito exemplo daquilo que constitui a nossa proposta e o nosso ideal. Que todas as mulheres da nossa egrégora se espelhem nela e procurem seguir seu exemplo.

Fotos

OFuxico é um site vinculado ao SBT, da jornalista e editora do site conhecida minha Esther Rocha. Ela também é a produtora do Programa do Gugu Liberato. O site é um site de fofocas do mundo das celebridades, achei pertinente te dizer um pouco sobre como ele é rsrs.

Beijinhos da Cherrine (Unidade Anália Franco).

http://ofuxico.terra.com.br/galeria/galeria/2009/02/15/mestre-derose-marca-as-comemoracoes-ao-dia-estadual-do-yoga-8989.htm

Che
cherrine.cardoso@gmail.com | 201.83.85.211

Mestre lindo.
Ja temos a materia com fotos no YôgaPress também!
http://yogapress.net.
Muitos beijinhos
Che

Cherrine, querida, eu gostaria de ver as demais fotos do evento. Os visitantes do blog também ficariam bem felizes. Seria possível colocar as melhores, especialmente as que dão uma noção do mar de gente? António e Luís, a mesma solicitação para Portugal. Obrigado. DeRose.

Melina
http://www.yogacopacabana.com | melina.flores@uni-yoga.org.br | 189.122.64.247

oiiii!!!!
o evento foi demais, muuuuito legal!
e muito feliz encontrar os amigos de tantos estados e paises… um verdadeiro mini-Fest-Yôga :)
neste link tem algumas fotos do sábado:
http://picasaweb.google.com/copacabana.rj/AulaDoMestreDeRoseEmSPDiaDoYoga2009#
beijinhos para todos e um mais especial para o Mestre :)
mel

Alessandra Dorante
alessandra.dorante@gmail.com | 195.23.135.33

Olá Mestre!
Aqui vão algumas fotos do Dia do Yôga em Portugal. Os créditos das fotos são do Espaço Antas.
http://picasaweb.google.com/alessandradorante/DiaDoYoga#
Beijos!

Mauro Bexiga
http://ww.maurobindo.blogspot.com | mauro.bex@uni-yoga.org | 213.63.82.40

Sempre que divulgava a aula aos nossos alunos, dizia sempre que seria um momento histórico, único, que não saberíamos se o Mestre voltaria a dar um sádhana para alunos com esta dimensão. Quem não acreditou, perdeu a aula da sua vida!
Quem esteve lá, tal como eu, com o privilégio de contribuir para que a organização fosse impecável, sabe o fantástico que foi poder seguir as indicações do Mestre e aprender a cada palavra transmitida.
Foi muita emoção, muita alegria e eu já estou a pensar no próxima ano. Por cá, também ninguém foi indisciplinado, ninguém reclamou, ninguém partiu coisa alguma. Parabéns a todos aqueles que fizerem este dia acontecer!
Um agradecimento especial ao Mestre por me inspirar todos os dias, e à Fée por ser a monitora mais maravilhosa do mundo! São os melhores exemplos que tenho na minha vida. Bem hajam!
SwáSthya!

Leia mais »

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009 | Autor:

Não só o nosso hino foi feito em Portugal (pelo Zé Paulo), como também a nossa bandeira. Também foi lá que tivemos a nossa primeira e única medalha comemorativa. E também foi em Portugal que se elaborou a estola acadêmica, chiquérrima, para usar sobre o traje de noite em solenidades de gala. Parabéns, portanto, à nossa Terra-Mãe e ao Luís Lopes que, tirando o hino, foi quem realizou todas as outras iniciativas citadas.

Vamos pedir ao querido Luís Lopes que coloque aqui no post a nossa bandeira, a fim de que todos a conheçamos. O Miguel de Castro, da Uni-Yôga, fez a melhor aplicação de cores no nosso brasão. Luís aplicou essa versão do brasão da Uni-Yôga em cores, do Miguel, no ponto de honra da bandeira. Ficou lindíssimo. Nós merecemos ver o resultado do trabalho desses dois artistas.

Leia mais »