quarta-feira, 21 de março de 2012 | Autor:

Mantra

Vocalização de sons e ultrassons

 

Mantra pode-se traduzir como vocalização. Compõe-se do radical man (pensar) + a partícula tra (instrumento). É significativa tal construção semântica, já que o mantra é muito utilizado para se alcançar a “supressão da instabilidade da consciência” (chitta vritti nirôdhah), denominada meditação, a qual consiste na parada das ondas mentais.

Mantra pode ser qualquer som, sílaba, palavra, frase ou texto, que detenha um poder específico. Porém, é fundamental que pertença a uma língua morta, na qual os significados e as pronúncias não sofram a erosão dos regionalismos, modismos e outras alterações constantes por causa da evolução da língua viva.

Leia mais »

terça-feira, 20 de março de 2012 | Autor:

Karma coletivo e egrégora

Amigo de todo mundo não é amigo de ninguém.
Schopenhauer

Egrégora provém do grego egrégoroi e designa a força gerada pelo somatório de energias físicas, emocionais e mentais de duas ou mais pessoas, quando se reúnem com qualquer finalidade. Todos os agrupamentos humanos possuem suas egrégoras características: todas as empresas, clubes, religiões, famílias, partidos etc.

Egrégora é como um filho coletivo, produzido pela interação “genética” das diferentes pessoas envolvidas. Se não conhecermos o fenômeno, as egrégoras vão sendo criadas a esmo e os seus criadores tornam-se logo seus servos, já que são induzidos a pensar e agir sempre na direção dos vetores que caracterizaram a criação dessas entidades gregárias. Serão tanto mais escravos quanto menos conscientes estiverem do processo. Se conhecermos sua existência e as leis naturais que as regem, tornamo-nos senhores dessas forças colossais. Leia mais »

segunda-feira, 19 de março de 2012 | Autor:

Karma individual e karma coletivo

 

O karma individual é o denominador comum entre os diversos karmas coletivos que atuam sobre nós o tempo todo, desde antes de nascermos até depois de morrermos.

Os karmas coletivos nos são impostos por herança, em função da família à qual pertençamos[1], do local em que nascemos, nossa nação, cidade, bairro, etnia, religião etc. Ou por opção, como esporte, profissão, arte, política, filosofia e outros.

Quantos karmas coletivos atuam sobre nós? Um número indeterminado, porém, certamente, incomensurável. E, como eles atuam sobre nós? Leia mais »

domingo, 26 de fevereiro de 2012 | Autor:

Olá Mestre!

Encontrei um vídeo muito interessante sobre os efeitos da ressonância sobre uma taça de cristal.

Não pude deixar de lembrar-me da terceira parte da Nossa Prática, o mantra, na qual vocalizamos sons e ultrassons com uma frequência específica que faz vibrar determinadas regiões do nosso corpo físico, energético e outros mais sutis.

Esse filme é um exemplo do caráter técnico, prático e, por que não dizer, científico do Método DeRose. 🙂

Beijos rosa brilhantes!

Jonas Medeiros
Unidade Dom Luís – Fortaleza – CE

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 | Autor:

Email do JB:

Clique na imagem para ampliá-la.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012 | Autor:

Oi Mestre!

Que feliz que você vem ministrar cursos no Rio de Janeiro nos dias 17 e 18 de setembro! Já estamos contando os dias…

Aproveito para deixar as imagens de uma ação efetiva dos instrutores da nossa cidade. Colaboramos com dois textos seus na revista Pilotis da PUC-Rio.

Clique na imagem para ampliá-la.

Reply ]

Muito bom, Rafinha! Se todos replicassem nossos textos nas revistas e jornais de bairro, da faculdade, da empresa, as pessoas nos conheceriam muito melhor e gostariam mais de nós.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011 | Autor:

Que coisa boa ter acompanhado a construção deste post :D. Dei umas boas risadas lendo-o agora ahahahahah.

Aproveito para convidar todos os colegas do mundo a visitar Paris em 2012, em sua companhia, olha que máximo :).
Te envio o link do vídeo do evento deste ano. Os que vieram se maravilharam com a cidade, o evento e sua presença!
Um abraço e obrigada por tudo
Soninha