quarta-feira, 9 de setembro de 2009 | Autor:
  

Oi Mestre,

Acho que os Coreanos e Chineses precisam ver o vídeo que está no final desse texto e rever seus conceitos de cultura, uma vez que lá comem carne de cachorro, além de outras carnes também. Ainda bem que o povo brasileiro, jamais aceitaria colocar no seu prato e comer, alguém que sustenta o título “o melhor amigo do homem”.

Cultura é uma coisa engraçada, como se tivesse diferença da vaca para o cachorro. São animais, sentem dor e morrem, são todos iguais. Perante a um acidente ou morte, sentem muito mais dor, porque são muito mais sensíveis que nós, já que dependem de instinto e sentidos aguçados para sobreviverem. Além de terem emoções, inteligência, senso de trabalho em equipe e compaixão com os demais seres

Esse vídeo mostra um cachorro que foi atropelado na rodovia e um outro cachorro entra no meio da pista, que está muito movimentada, fazendo um resgate. Ele consegue o perigoso e difícil trabalho de tirar seu amigo do meio da pista e levar até o acostamento. Repare que ele foi tão inteligente na hora de resgatar, que não arrastou com a força da boca, para não machucar e ferir mais o pobre coitado, mas sim com a força das patas!

Link do vídeo -> http://www.youtube.com/watch?v=eDJM-gNNKGU

Abraços,

Thiago Madruga

Observe que o cãozinho arrisca a sua vida, mesmo tendo visto que aquele lugar era perigoso
– pois já havia vitimado o outro cão – ainda assim foi lá resgatá-lo.
Note o olhar dele quando vira a cabeça, como que a suplicar: “Alguém me ajude!” Derose

 

Mestre, tudo bem?
Como se não bastasse as atrocidades que vemos com os animais da coluna de contagem abaixo, ainda temos que presenciar um absurdo tão cruel quanto.
Um casal manteve por três anos um abatedouro de cães para vender sua carne à comunidade oriental, em Suzano, São Paulo.
A reportagem é da Folha Online http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u651354.shtml
Fico me perguntando: como conseguem ser tão sangue frio? É incrível.

Super beijo para você.
Marina Barreira – Vila Mariana