terça-feira, 18 de outubro de 2011 | Autor:

Enviado por Gustavo Cardoso, de Londres:

Tomasz Jeschke, um padre católico austríaco, escreveu uma carta ao Papa, rezando para a instituição da Igreja não ficar em silêncio quanto ao sofrimento dos animais. No dia 4 de Outubro, o dia de São Francisco de Assis, Tomasz Jeschke esteve em frente ao Vaticano, para abençoar os animais, e em seguida entregar sua carta ao Papa. Sem resposta, o padre jejuou por dois dias na Praça São Pedro, em solidariedade aos animais que são todos os dias mortos, torturados e negligenciados por todo o mundo. O Papa não o recebeu e o Padre volta para a sua cruzada. Quem quiser acompanhar seu esforço de Tomasz em prol dos animais pode acessar seu site enviar ou até mesmo enviar uma mensagem de apoio.
Site do Padre (com opção em Português): http://www.animalpastor.eu
E-mail do Padre para encorajá-lo a continuar: tom@animalpastor.eu

Que ele saiba que ele não está sozinho!!!

“Pai Santo, não podemos ignorar! Estou profundamente preocupado com o destino dos animais nossos irmãos e irmãs, com a minha carta de 2011/01/02, orei ao Vaticano (Papa Bento XVI) para uma reflexão coletiva. Não tendo recebido qualquer resposta, decidi dirigir-me a Roma. A 04 de outubro (dia de São Francisco de Assis) vou sentar-me no Vaticano, Praça de São Pedro, e abençoar os animais que passam. Não podemos continuar a ignorar, está na hora de dar um sinal claro: nós devemos isso a nossos irmãos e irmãs, os animais . Esta é a razão para a minha visita a Roma. Atrás de mim não existe nenhuma organização, nenhuma pessoa privada. A minha é uma ‘reação’ espontânea, é preciso um coração de grande preocupação para os nossos irmãos e irmãs, os animais.”

https://www.facebook.com/Cadeia2010?sk=wall