sexta-feira, 27 de Abril de 2012 | Autor:

Enviado pela Raquel Santos:

 

Bom dia Mestre

Gostaria de partilhar este vídeo, onde um menino de 10 anos relata como e porquê decide optar pela alimentação não-carnívora. Uma exposição clara, sensível e esclarecedora.

http://www.youtube.com/watch?v=zruElb8Gt_4

Abraço carinhoso

Raquel Santos
Espaço Telheiras – Portugal

 

quarta-feira, 21 de Março de 2012 | Autor:

Mantra

Vocalização de sons e ultrassons

 

Mantra pode-se traduzir como vocalização. Compõe-se do radical man (pensar) + a partícula tra (instrumento). É significativa tal construção semântica, já que o mantra é muito utilizado para se alcançar a “supressão da instabilidade da consciência” (chitta vritti nirôdhah), denominada meditação, a qual consiste na parada das ondas mentais.

Mantra pode ser qualquer som, sílaba, palavra, frase ou texto, que detenha um poder específico. Porém, é fundamental que pertença a uma língua morta, na qual os significados e as pronúncias não sofram a erosão dos regionalismos, modismos e outras alterações constantes por causa da evolução da língua viva.

Leia mais »

terça-feira, 20 de Março de 2012 | Autor:

Karma coletivo e egrégora

Amigo de todo mundo não é amigo de ninguém.
Schopenhauer

Egrégora provém do grego egrégoroi e designa a força gerada pelo somatório de energias físicas, emocionais e mentais de duas ou mais pessoas, quando se reúnem com qualquer finalidade. Todos os agrupamentos humanos possuem suas egrégoras características: todas as empresas, clubes, religiões, famílias, partidos etc.

Egrégora é como um filho coletivo, produzido pela interação “genética” das diferentes pessoas envolvidas. Se não conhecermos o fenômeno, as egrégoras vão sendo criadas a esmo e os seus criadores tornam-se logo seus servos, já que são induzidos a pensar e agir sempre na direção dos vetores que caracterizaram a criação dessas entidades gregárias. Serão tanto mais escravos quanto menos conscientes estiverem do processo. Se conhecermos sua existência e as leis naturais que as regem, tornamo-nos senhores dessas forças colossais. Leia mais »

segunda-feira, 19 de Março de 2012 | Autor:

Karma individual e karma coletivo

 

O karma individual é o denominador comum entre os diversos karmas coletivos que atuam sobre nós o tempo todo, desde antes de nascermos até depois de morrermos.

Os karmas coletivos nos são impostos por herança, em função da família à qual pertençamos[1], do local em que nascemos, nossa nação, cidade, bairro, etnia, religião etc. Ou por opção, como esporte, profissão, arte, política, filosofia e outros.

Quantos karmas coletivos atuam sobre nós? Um número indeterminado, porém, certamente, incomensurável. E, como eles atuam sobre nós? Leia mais »

sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012 | Autor:

Enviado por Maurício:

 

Olá, Mestre.

Olha que notícia boa encontrei, O Conselho Regional de Nutricionistas – 3ª Região:

– “Todos os tipos de dietas vegetarianas, incluindo a dieta vegetariana estrita, utilizada porveganose e que exclui todos os produtos e ingredientes de origem animal, são viáveis sob o ponto de vista nutricional”. Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª região (CRN-3), que orienta e fiscaliza a profissão dos nutricionistas nos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

– “Os profissionais nutricionistas não poderão mais desencorajar um paciente que chegue ao seu consultório com a opção de uma dieta vegetariana sob o pretexto de essa ser inviável do ponto de vista nutricional”, Dr George Guimarães, nutricionista especializado em dietas vegetarianas.

Neste blog: http://www.nutriveg.com.br/dieta-absolvida-conselho-regional-de-nutricionistas-publica-parecer-sobre-dietas-vegetarianas.html

Outras considerações neste outro blog: http://cantinhovegetariano.blogspot.com/2012/01/parecer-do-crn-3-sobre-dietas.html#more

____________________

Para quem tiver interesse em ler o parecer completo publicado no CRN-3 aí está o link:
http://www.crn3.org.br/legislacao/doc_pareceres/parecer_vegetarianismo_final.pdf

Fiquei feliz ao ler este parecer. Quem sabe assim muitos nutricionistas passem a respeitar mais a opção de cada um e procurem orientar da maneira correta os seus clientes. Eu como futura profissional da área fico envergonhada quando escuto que algum nutricionista tentou desencorajar o seu próprio cliente. Isso acontece por pura falta de conhecimento sobre assunto, o que é mais vergonhoso ainda, já que diversos estudos mostram a viabilidade desse tipo de dieta, além dos seus benefícios!

Beijos,

Patrícia Duque Estrada
Yôginí da Unidade Downtown
Rio de Janeiro — RJ

sexta-feira, 11 de novembro de 2011 | Autor:

httpv://youtu.be/tpziz8cJMaI

sexta-feira, 4 de novembro de 2011 | Autor:

Enviado por Claus Haas:

Equipe de Desenvolvimento:

Daniel Cambría   |   Coordenação Geral https://www.facebook.com/danielcambria

Tiago Pimentel   |   Layout & Identidade Visual https://www.facebook.com/tiagopimentel https://www.flickr.com/designinabox

Alex William   |   Programação Visual (Front End) https://www.facebook.com/alex.brasileiro https://www.artinblog.com

Douglas Gonzalez   |   Programação Back End https://www.facebook.com/douglas.s.gonzalez

Visite o Office em facebook.com/officemetododerose