domingo, 17 de Março de 2013 | Autor:

Oi Mestre.
Adorei passar o fim de semana com vocês. O evento foi incrível e estão todos de parabéns!
Recebi este link de um aluno. Um golfinho que pede ajuda aos mergulhadores para tirar um pedaço de rede que fica preso na barbatana dele.
Muito legal!
Beijos e até o Pró-Tático.
Juli.

Unidade Downtown – Rio.

http://www.youtube.com/watch?v=2gvgkHSyKFE

quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2013 | Autor:

Ação social, filantropia e apoio à Defesa Civil, são formas de manifestar nossa cidadania. Tudo isso é Método DeRose em ação efetiva. Veja o belo exemplo do Pedro Gabriel:

“Querido DeRose,

A prefeita de Cubatão Márcia Rosa decretou, às 11h30, estado de emergência na cidade, após forte chuva que atingiu a Baixada Santista na tarde de sexta e madrugada deste sábado. Levantamento da Prefeitura aponta pelo menos 155 desabrigados em toda cidade: 93 são adultos, 56 crianças e 6 adolescentes.

A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros continuam o trabalho principalmente nos bairros Água Fria, Pilões e Cota 200.

De acordo com informações da Defesa Civil, às 7 horas, o índice pluviométrico nos bairros Cota era de 198 mm, nas últimas 24 horas. A área urbana da Cidade somava, no mesmo horário, 272,2 mm (também nas últimas 24 horas).

Ainda de acordo com a Defesa Civil, foram registrados pelo menos 7 pontos de deslizamento na Cidade.

A Reportagem de A Tribuna esteve no bairro Água Fria e constatou que a situação dos moradores é desesperadora. Com a chuva mais fraca, os moradores tentam limpar a lama das casas, salvar roupas e outros objetos das casas. A água, em algumas residências, chegou no telhado. Algumas famílias perderam tudo.

———————————

A Unidade Santos, localizada na R. Dr. Acácio Nogueira, 16 – Boqueirão, Santos – São Paulo, 11045-330 (é uma casa alaranjada bem gritante, perto do canal 4) também será um ponto de coleta de mantimentos, roupas, agasalhos, cobertores, colchões, água, ou seja, de doações para ajudar as famílias de Cubatão que estão sofrendo com esta tragédia. Compatilhem este post, colaborem, peçam ajuda de amigos, parentes, mas de qualquer forma que puderem, ajudem. O telefone para contato com a escola é (13)3284-1020.”

 

quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013 | Autor:

Juramento do Método DeRose

 

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo, pela minha honra e pela minha vida, dedicar todos os meus esforços para tornar-me uma pessoa melhor: um melhor filho, melhor irmão, melhor cônjuge, melhor amigo, melhor cidadão.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo não fazer uso de substâncias intoxicantes, que gerem dependência ou que alterem o estado da consciência, mesmo que tais substâncias sejam naturais, ainda que sejam legais.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo reeducar meus impulsos emocionais, sublimar as emoções e contornar eventuais conflitos, aprimorando assim minhas boas relações humanas no trabalho, nas amizades e na família.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo propugnar pela justiça e pela verdade. Ao ouvir uma acusação ou difamação, juro e prometo advogar em defesa do acusado, seja ele quem for, indefeso por ausência.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo trabalhar com dedicação e afinco, sem esmorecimento, pelo bem-estar, segurança e prosperidade minha e daqueles que dependerem de mim, daqueles que trabalharem comigo e, por extensão, de toda a sociedade.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo ser honesto no meu trabalho e em todas as minhas atitudes, desde as mais insignificantes do dia-a-dia, professando em tudo a seriedade superlativa e uma obstinada honestidade.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo auxiliar os necessitados, propondo ações efetivas que possam melhorar as condições de vida dos meus semelhantes.

Como praticante do Método DeRose, juro e prometo ser leal, apoiar e ajudar os meus companheiros do Método em tudo o que for possível, empenhando-me diligentemente.

Como praticante do Método DeRose, neste ato solene, proclamo o meu compromisso de honrar com amor e dedicação todos os princípios que caracterizam a Nossa Cultura, consubstanciando o valor de cada palavra aqui proferida.

domingo, 30 de dezembro de 2012 | Autor:

Um bom exemplo de praticante do Método DeRose, na área de conceitos, é a ação efetiva para transformar o mundo através da civilidade (podemos chamar de boas ações ou até de boas maneiras).

Todos os dias vamos computar quantas ações louváveis protagonizamos.

Três vezes três

três é um dos números reverenciados nas nossas raízes hindus. Vamos, então, fazer nossa contagem a partir dele.

Se você realizar hoje menos de três boas ações, considere este como um dia de chumbo.

Se realizar três ações de boas maneiras, este foi um dia de bronze.

Com duas-vezes-três ações meritórias, seu dia terá sido de prata.

Conquistando três-vezes-três ações de civilidade, comemore um dia de ouro.

Mas se conseguiu realizar mais de três-vezes-três ações, você é o nosso herói e o seu dia foi de diamante!

Que ações poderiam ser essas?

Efetue uma doação a alguma instituição de assistência social séria.

Participe como voluntário em alguma campanha filantrópica.

Envolva-se de corpo e alma com as campanhas da Defesa Civil da sua cidade.

Dê comida a quem tem fome.

Dê um agasalho a quem tem frio.

Dê um sorriso, uma atenção, um afeto a quem esteja precisando disso tanto quanto o que tem fome e o que tem frio.

Salve um cão abandonado.

Regue as flores do jardim do seu vizinho, desinteressadamente.

Pare o carro a fim de dar passagem a um pedestre que esteja querendo atravessar a rua, mesmo fora da faixa.

Socorra um desconhecido que esteja caído na calçada tendo um ataque epilético.

Dê flores a um amigo.

Não se abale quando outro motorista for mal educado, der uma fechada ou mesmo bater no seu carro.

Peça desculpas, mesmo quando tiver a certeza de que está com a razão.

Trate bem um mendigo que venha pedir dinheiro.

Telefone para um amigo, colega ou parente, só para perguntar como vai.

Converse amenidades com um desconhecido no supermercado ou no shopping center.

Dê a mão a uma senhora para sair do carro.

Ofereça-se para ajudar a carregar as compras ao vizinho no prédio em que mora ou ao desconhecido no estacionamento.

Carregue a bolsa pesada da sua amiga.

Ouça o desabafo de quem precise falar sobre um problema.

Jogue no lixo algo que alguém tiver deixado cair fora da lixeira.

Acaricie um cão.

Elogie o filho de alguém.

Dê os parabéns a um colega ou concorrente por uma conquista ou por um projeto vitorioso.

Dê uma gorjeta mais substancial do que o mínimo de praxe.

Agradeça pelo serviço e elogie a atuação do garçom ou de outro profissional.

Diga “você está com a razão”.

Sorria para as pessoas no clube, nas lojas, na sua empresa.

Trate com cortesia o seu porteiro, a sua auxiliar de limpeza e todo o pessoal subalterno.

Recicle.

Dê informações, auxilie, oriente (na empresa, no trânsito, na faculdade).

Converse com os funcionários que o atendem.

Escute as reivindicações do cônjuge (esposa ou maridão). E atenda-as.

Diga obrigado e sorria para alguém na rua, no trânsito, nas compras.

Responda com gentileza a um vizinho irritado.

Acalme um colega, um familiar ou um amigo quando ele estiver zangado com você.

Não insulte a quem bem que merecia.

Quando não precisar de algum objeto ou roupa não o guarde nem o jogue fora: procure quem esteja precisando e faça-lhe presente. O que não presta para um pode ser uma bênção para outro.

Dê uma informação útil a alguém.

 

ISTO É O MÉTODO DeROSE EM AÇÃO EFETIVA!

ESTES SÃO ALGUNS EXEMPLOS DOS NOSSOS CONCEITOS E VALORES.

 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012 | Autor:
Olá Mestre! falamos hoje a tarde sobre a petição da Campanha “Não Foi Acidente”, para acabar com a impunidade no trânsito. São milhares de vidas ceifadas todo ano, por assassinos dirigindo embriagados e que saem ilesos, tendo que pagar apenas algumas cestas básicas por acabar com vidas alheias. Eles sequer são obrigados a fazer o teste do bafômetro! É um absurdo!
Pedi seu apoio, da Fê e de toda a egrégora do Método, na divulgação dessa causa e nas assinaturas. Eles precisam de 1 milhão e pelo que vi, têm agora pouco mais da metade desse número… Como é difícil mudar alguma coisa no Brasil! Mas nossa família é grande e feita de pessoas com grande senso de justiça, boa índole e respeito pelo outro. Se cada um de nós puder ajudar, tenho certeza de que teremos um pouco mais de justiça nesse país. E mais segurança pelo menos.Esse é o link para a página deles no Facebook: http://www.facebook.com/NaoFoiAcidente para quem quiser saber mais.

E esse é o link para a petição: http://naofoiacidente.org/blog/assine-a-peticao/

Obrigado querido Mestre!!! Tenho certeza que com seu apoio e de tanta gente boa, as coisas serão bem melhores nesse país, senão pelo menos mais justas. Grande abraço!

quarta-feira, 11 de julho de 2012 | Autor:

Estamos recolhendo sapatos usados (mas não em estado lastimável!) na Sede Central, na Al. Jaú 2000 para efetuar doação a pessoas muito carentes. Se você quiser nos ajudar pode levar diretamente para a Sede Central ou para alguma das nossas escolas de São Paulo para posterior envio à Alameda Jaú 2000.

Agradecemos pelo seu engajamento.

sábado, 30 de junho de 2012 | Autor:

Enviado pelo Gustavo Cardoso:

Mestre tem como divulgar isso?
Era legal se fosse agora mesmo dado que o prazo para eles comecarem o abate anual sera dentro em breve.
Se der para divulgar e pedir para o pessoal enviar o modelo de email abaixo, seria muito bom :)

ENVIO de E-MAILS para a Namíbia – FORÇA- TAREFA
Você pode ajudar enviando um também?
Com a aproximação do dia 01 de julho, data marcada para o reinício da chacina das foquinhas bebê a pauladas, na Namíbia, pensei em tentarmos mais uma coisa.

Escrever para o que tenho como referências de e-mails locais e para a imprensa de lá. Provavelmente, muitos e-mails serão devolvidos, como de hábito. Mas teremos tentado tudo que estava ao nosso alcance fazer.

Escrever para: news@nampa.org,
vboesak@ombudsman.org.na,
ivanwyk@ombudsman.org.na,
ecline@ombudsman.org.na

com cópia para:
neweanews@newera.com.na,
editor@newera.com.na,
news@namibian.com.na,
desere@economist.com.na,
daniel@economist.com.na,
understudy@economist.com.na,
repubkn@repulikein.com.na,
dani@republikein.com.na,
deysele@republikein.com.na,
azinfo@az.com.na,
ehofmann@az.com.na,
editor@tgi.na,
editor@observer.com.na,
sun@namibiansun.com.na

Títulos possíveis, como sugestão para quem não fala o inglês:
International shame, Please listen to the world, This is a genocide, We will be forced to give you an answer, Consider the best possible solution to this nightmare, What sharing the world is about, Why did you sell your country’s soul to Hatem Yavuz?, We could be friends otherwise,

Mensagem-modelo em inglês:

To the Namibian Press
To John Walters, Namibian ombudsman

Gentlemen,

Decades have elapsed and we are atill having to deal with what is left from the Canadian seal hunt.
As a result of its insistance in killing and blunting small baby seals for their fur, the world today boycotts Canada strongly, with enourmous economic loss for the country. All Europe and even Russia now forbade

them to gain with such atrocity, with which we are committed to END, no matter what it takes.

Differently from Canada, Namibia is a poor country, having to deal with substancial difficulties.
No matter what, you annually slaughter of baby seals, forces us to take STRONG retaliation against your country.

This message has a few main purpooses:
– to inform you of the HORROR the world feels against this practice, that each time stupifly takes the lives of thousands and thousands of innocents beings, tainting the sand of your beaches with their blood.
The same sand and sea that could, otherwise, be a place for international visitation and tourism, if only you would CARE to listen to the international pleads.

– we will NOT visit and bring tourism income to you country. We cannot accept to set feet on a land on which such terror and innocent blood is shed.

– We will continue to promote a strong international BOYCOTT against your country until this vloodbath definitely stops. We will use every single means at your disposal to create strong barreers around

Namibia, advising people not to help it in way, either by bying anything coming from your country, or by bringing to it tourism income.

– We would certainly prefer not to be obliged to act this way.

BUT WE WILL, as your government forces us to.

As a citizen of the world, that would rather colaborate with a country in need of development, I strongly advise to review this atrocity, so that Namibia can finally join the international community and
receiving substancial help not only from governments, but from people individually speaking as well.

Until then I will use internet and every other means I can think of to tell everyone I know about the holocaust you promote.

http://youtu.be/KL3SchbHFkI

We are anonymous. We are millions and millions of human beings, demanding for human and animal rights.

This has come for a very meanful CHANGE.

Thank you,

Equipe de Desenvolvimento:

Daniel Cambría   |   Coordenação Geral https://www.facebook.com/danielcambria

Tiago Pimentel   |   Layout & Identidade Visual https://www.facebook.com/tiagopimentel https://www.flickr.com/designinabox

Alex William   |   Programação Visual (Front End) https://www.facebook.com/alex.brasileiro https://www.artinblog.com

Douglas Gonzalez   |   Programação Back End https://www.facebook.com/douglas.s.gonzalez

Visite o Office em facebook.com/officemetododerose