terça-feira, 15 de janeiro de 2013 | Autor:

Temos a mania de manifestar a síndrome do “eu sou pobre, pobre, pobre de Marais je suis“. E, portanto, precisamos utilizar todos os espaços disponíveis. Não conseguimos deixar espaços em branco, respiros elegantes e margens generosas. Não conseguimos deixar de poluir nossos impressos, textos, seja lá o que for. Eu também padeço dessa síndrome. Mas estou me curando bem rápido. Na verdade, com meus quase setenta anos de idade, estou evoluindo mais rápido que a moçada de vinte, trinta e quarenta. Já expliquei várias vezes aos nossos Empreendedores do Método DeRose que quero uma arte com muitos espaços, respiros e margens, mas os executivos não conseguem compreender isso e continuam insistindo em empapuçar os espaços disponíveis com corpos de letra e imagens grandes demais.

Talvez, assistindo o vídeo abaixo consigamos compreender melhor a que me refiro. Assista, medite, assista de novo, medite outra vez. Assista pela nona vez e dê uma marretada na moleira para ver se entra!

Colagem feita pelo Gustavo Oliveira.

Apple / Microsoft

__________________

Enviado pelo Henrique Utsch: 

Só para lembrar o pessoal e mostrar para quem não sabe os principios do Design.
I. Proximidade e alinhamento – elementos que pertençam a um mesmo grupo devem estar próximos.
II. Equilíbrio, proporção e simetria – todos os componentes devem ser complementares.
III. Contraste, cores e brancos – layouts dinâmicos chamam a atenção e causam impacto.
IV. Ordem, consistência e repetição – você tem toda a liberdade para criar as regras, mas deve segui-las.
V. Simplificação – simplicidade é sinônimo de elegância, objetividade e, acima de tudo, clareza.
VI. Legibilidade – textos existem para serem lidos.
VII. Integração – o design não pode desafinar.

Mais em: http://www.luli.com.br/2008/03/20/3-principios-de-design/

  1. Autor: DeRose

    Se eles tiverem alguma amostra que seja metade verde e metade amarela com mais ou menos 4 cm de largura, isso é o que eu preciso. Se não houver já pronta, envie-me uma amostra de cor única vermelha ou azul. No caso de fitas que já existam no estoque deles, também preciso saber o preço para adquirir por metro. Prefiro que as envie por correio sob registro para a Al. Jaú 2000 cep 01420-002 São Paulo SP Brasil. Obrigado, querida.

    Filipa Loureiro |

    Está bem, Mestre querido.
    Dou notícias ainda esta semana.
    Um beijinho grande com saudades.

    Filipa
    Méthode DeRose, Espace Energie – Paris

    Filipa Loureiro |

    Mestre querido,
    Espero que esteja bem.
    As amostras já vão a caminho. Coloquei agora no correio.
    Beijo grande do tamanho do oceano que nos separa! 🙂

    Lipa
    Méthode DeRose, Espace Energie – Paris

    DeRose |

    Êta, beijão!

  2. Autor: Pablo

    Hola Mestre, comparto una charla muy buena de TED acerca del poder que tiene la sonrisa.

    http://www.ted.com/talks/ron_gutman_the_hidden_power_of_smiling.html

    Ya se te extraña por acá, igualmente nos vemos dentro de poco en Floripa ! 🙂
    Un abrazo inmenso !!

    Pablo.F
    Instructor, sede Núñez
    Bs. As. Argentina

  3. Autor: Danilo

    Mestre, obrigado por esse constante esforço e persistência nos estimulando a buscar sempre melhorar em todas as áreas!
    Além do detalhe e da elegância da arte, existe mais um ponto que eu sinto que podemos melhorar em nossos impressos. Podemos também ser mais detalhistas com a própria apresentação do cartaz, por exemplo cortando fora as bordinhas brancas onde a impressora não consegue imprimir. Não sei se isso me incomoda porque já trabalhei na área de propaganda e tive que aprender a ser detalhista com a estética, mas sempre que vejo um cartaz afixado com as bordas brancas (geralmente assimétricas), isso me passa uma falta de cuidado de quem afixou, ou até mesmo preguiça! Imagino que nosso público por ser um público exigente, de alto nível cultural e social também sinta a mesma coisa.

    Um forte abraço!

    Danilo Chencinski
    Instrutor Unidade Vila Mariana

    DeRose |

    Pode ter a certeza de que as as pessoas sentem o mesmo que você. E que quem for porquinho não vai atingir os patamares a que estamos alçando a nossa famiglia. Abração.

  4. Autor: Carla Aguiar

    Excelente!

    Beijinhos,
    Carla Aguiar
    Unidade Vila Olímpia, São Paulo, SP

  5. Pingback: Clean plus clean « Quem vê cara

  6. Autor: henriqueutsch

    So para lembrar o pessoal e mostrar para quem não sabe os principios do Design.
    I. Proximidade e alinhamento – elementos que pertençam a um mesmo grupo devem estar próximos.
    II. Equilíbrio, proporção e simetria – todos os componentes devem ser complementares.
    III. Contraste, cores e brancos – layouts dinâmicos chamam a atenção e causam impacto.
    IV. Ordem, consistência e repetição – você tem toda a liberdade para criar as regras, mas deve segui-las.
    V. Simplificação – simplicidade é sinônimo de elegância, objetividade e, acima de tudo, clareza.
    VI. Legibilidade – textos existem para serem lidos.
    VII. Integração – o design não pode desafinar.

    Mais em: http://www.luli.com.br/2008/03/20/3-principios-de-design/

    DeRose |

    Que ótimo esse link! O problema é quem precisa dele não o lê…

  7. Autor: Tabatha Fiorini

    Boa noite Método,

    Estava vendo este vídeo e achei muito engraçado a semelhança de suas recomendações iniciais com as da prática básica no tempo 1:48.

    Beijo e forte abraço

    http://www.youtube.com/watch?v=wrRrsvxRVXU

    DeRose |

    Interessante!

    Obrigado, Tabatha.

    Beijinho.

Deixe uma resposta

Equipe de Desenvolvimento:

Daniel Cambría   |   Coordenação Geral http://www.facebook.com/danielcambria

Tiago Pimentel   |   Layout & Identidade Visual https://www.facebook.com/tiagopimentel http://www.flickr.com/designinabox

Alex William   |   Programação Visual (Front End) http://www.facebook.com/alex.brasileiro http://www.artinblog.com

Douglas Gonzalez   |   Programação Back End http://www.facebook.com/douglas.s.gonzalez

Visite o Office em facebook.com/officemetododerose