domingo, 12 de junho de 2016 | Autor:

Certo dia, um comprador viu a placa na porta de uma loja: “Vendem-se cravos”. Como estava precisando de uns condimentos, entrou. Pediu ao proprietário:
– Quero duzentos gramas de cravos, por favor.
Ao que o lojista respondeu:
– Desculpe, cavalheiro. Não trabalhamos com esse produto.
Para não perder a viagem, o freguês tentou adquirir outra especiaria: – Então, dê-me duzentos gramas de orégano.
O vendedor, sem perder a elegância, informou:
– Sinto muito, meu senhor. Não trabalhamos com temperos.
O consumidor, indignado, contrapôs:
– Mas o senhor colocou um luminoso lá fora dizendo que vende cravos!
E o dono da loja esclareceu:
– Exatamente. Vendemos cravos, os nobres instrumentos renascentistas, predecessores dos pianos. Acho que não é o que o senhor está procurando.

Assista uma breve explanação sobre o tema.
youtube.com/watch?v=7udU2rusZIM

Equipe de Desenvolvimento:

Daniel Cambría   |   Coordenação Geral https://www.facebook.com/danielcambria

Tiago Pimentel   |   Layout & Identidade Visual https://www.facebook.com/tiagopimentel https://www.flickr.com/designinabox

Alex William   |   Programação Visual (Front End) https://www.facebook.com/alex.brasileiro https://www.artinblog.com

Douglas Gonzalez   |   Programação Back End https://www.facebook.com/douglas.s.gonzalez

Visite o Office em facebook.com/officemetododerose