terça-feira, 5 de julho de 2016 | Autor:

Há várias atitudes que servem como cumprimento. O mais simples dos cumprimentos é o sorriso, que já foi abordado anteriormente. Muitas vezes, basta sorrir para as pessoas e não é preciso dizer mais nada. Esse cumprimento é muito útil quando você está viajando por países cuja língua não domina, já que o sorriso é a língua universal.

O abraço é outra maneira, querida e informal, de cumprimentar. Gosto muito dessa opção.

youtu.be/MsaDfo0_zVc

quarta-feira, 20 de março de 2013 | Autor:

Oi Mestre :)

Vim compartilhar esse vídeo com você e com os leitores do blog. Não sei se já viram, mas sempre vale rever! Me lembra como é importante ensinar pelo exemplo ao invés de dar sermão. Vamos inspirar pessoas para o bem!

http://www.youtube.com/watch?v=ID0kgP9IVhs

Muitos beijos,
Camila Grinsztejn
Unidade Copacabana – Rio

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013 | Autor:

 

Programem-se! :)

 

HORÁRIO DE CHEGADA – 18:30 H

LOCAL – LIVRARIA DA VILA, ALAMEDA LORENA, 1731.

Vamos começar pontualmente às 19 horas porque precisamos terminar cedo. Pedimos que você chegue às 18:30 para dar tempo de adquirir seu(s) exemplar(es), receber o post-it com seu nome e organizarmos a fila para os autógrafos.

Por favor, replique este convite aos seus amigos, colegas e familiares.

Obrigado.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012 | Autor:
Hola Mestre, pasaba a saludarte y a decirte que Samba ya te extraña !!Te mando un abrazo muy grande, muchísimas gracias por tu visita a Núñez !
Nos vemos hoy a la noche y mañana !! :) )

Pablo F.
Instructor, Sede Núñez
Bs. As. Argentina

Clique na foto para ampliá-la.

domingo, 23 de dezembro de 2012 | Autor:

Boas Festas!

Um dia interligamos nossos caminhos pelo liame do nosso ideal. Unimo-nos em uma corrente do bem. Ungimo-nos pelas boas obras.

Naquele dia os Anjos regozijaram-se porque mais uma pessoa sensível e consciente decidiu devotar-se à nobre missão de melhorar a Humanidade, ainda que, muitas vezes, com o ônus da própria abnegação.

Por esta época nossa tradição Cristã comemora com presentes a lembrança das oferendas feitas a Jesus pelos Magos do Oriente, conforme está escrito nos Evangelhos (Mateus, 2.1).

Nenhum presente me será mais gratificante do que a perpetuação da sua amizade sincera e o compartilhar constante dessa estima.

Seu amigo, DeRose

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 | Autor:
Olá mestre!

Aconteceu comigo no Aeroporto de Congonhas em São Paulo.
Estava esperando minha mala ao lado da esteira, quando avistei um homem retirando uma mala.
Olhei e comentei com meu marido: aquela mala não é sua?
Ele respondeu: bem parecida, mas acho que não é.
Eu disse: é sim olha o símbolo em cima, só pode ser sua mala!
Saímos correndo atrás do homem, tarde de mais.
O homem simplesmente, evaporou.
O pior, na porta do desembarque, havia uma funcionária do Aeroporto, parada como uma estátua, fazendo absotutamente nada, ao invés de estar verificando os tikets dos passageiros.

Vivendo e aprendendo, ficar mais esperta da próxima vez.

Um beijo mestre.

Isabella.
Aluna do Método DeRose. Escola Alameda Campinas.

 

Por isso, eu sempre marco as minhas malas e fico de olho nelas, postando-me bem no início da esteira. Assim que saem eu já as pego. Em viagens internacionais, mando colocar a proteção plástica e escrevo com um marcador grosso “DeRose” em todas as faces. Graças a isso, eu viajo há mais de 40 anos, viajo o tempo todo para vários países e nunca me roubaram nada.

 

domingo, 9 de dezembro de 2012 | Autor:

Isto deveria estar no meu livro de boas maneiras. Mas não está. Não há coisa mais frustrante – e eventualmente constrangedora – que você colocar a torrada ou bolacha na mão e, ao tentar passar a manteiga, a coisa toda se partir em vários pedaços, inclusive sujando a mão.

Contudo, evitar isso é fácil: basta colocar uma torrada em cima da outra ou um biscoito em cima do outro.

Esse exemplo também nos demonstra o quanto a união faz a força. Um sozinho é fácil de ser quebrado pelos inimigos, mas juntos somos imbatíveis.

Certa vez, o líder mongol Temujin, o Gengis Khan, percebeu um movimento separatista entre as várias tribos que juntas constituíam uma grande força. Então, o Khan mandou que os separatistas agarrassem um cavalo pela cauda e a arrancassem. Por mais que puxassem, ninguém conseguiu. Aí, ele mandou que arrancassem um fio de cada vez. Depois que arrancaram o primeiro fio com extrema facilidade, todos compreenderam a metáfora.

Seria muito fácil arrancar a cauda do equino separando os fios e atacando um de cada vez, assim como seria muito fácil derrotar uma por uma das tribos se ficassem separadas. Mas seria uma empreitada impossível se os mongóis estivessem unidos.

E assim foi. Gengis Khan constituiu um enorme império invencível que se estendeu até à Índia. Um descendente seu, Shah Jahan, foi quem mandou erigir o Taj Mahal.

Por isso, na nossa egrégora valorizamos tanto a união, a coesão e o apoio recíproco.

Leia mais »

Equipe de Desenvolvimento:

Daniel Cambría   |   Coordenação Geral https://www.facebook.com/danielcambria

Tiago Pimentel   |   Layout & Identidade Visual https://www.facebook.com/tiagopimentel https://www.flickr.com/designinabox

Alex William   |   Programação Visual (Front End) https://www.facebook.com/alex.brasileiro https://www.artinblog.com

Douglas Gonzalez   |   Programação Back End https://www.facebook.com/douglas.s.gonzalez

Visite o Office em facebook.com/officemetododerose