segunda-feira, 5 de dezembro de 2016 | Autor:

No Universo, sempre o mais denso eclipsa o mais sutil. Por exemplo, se você olhar para o céu durante o dia não verá as estrelas. No entanto, elas estão lá, só que seu brilho é muito mais sutil do que o do Sol. Assim, a luz do Sol (mais intensa) eclipsa a luz das estrelas (mais sutil).
No nosso estudo do fenômeno de consciência expandida, precisamos compreender que o ser humano é constituído por uma série de princípios, também chamados de veículos ou de corpos, com diferentes coeficientes de densidade.
Assim, o corpo físico, por ser mais denso do que o corpo emocional, tende a eclipsar as emoções. Ou seja, se o corpo físico estiver solicitando a atenção da consciência – se a consciência estiver fluindo pelo canal físico – a manifestação das emoções fica prejudicada. Exemplo: quando você está praticando esportes ou pulando no carnaval sua atenção está dirigida ao corpo físico. Nessa circunstância, você não está nas condições ideais para desfrutar de um romance ou realizar uma prece.
Sob uma digestão pesada, consequência de uma refeição abusiva, seus sentimentos ficam embotados. Mas em jejum, ao contrário, suas emoções emergem à flor da pele!
Da mesma forma como o físico (mais denso) eclipsa o emocional (mais sutil), o emocional que é mais denso que o mental, eclipsa a mente. Se você estiver tentando estudar ou trabalhar, mas encontrar-se emocionado por paixão ou por ciúme, por ódio ou por medo, não renderá nada naquela atividade intelectual. Todos comentam:

– Fulano está cego de paixão (ou cego de ódio).

E os que não estiverem envolvidos, aconselham:

– Não tome nenhuma decisão com a cabeça quente.

Todo o mundo sabe que sob a emoção a mente fica obscurecida.

Da mesma forma que o emocional (mais denso) eclipsa o mental (mais sutil), assim também o mental que é mais denso que o intuicional eclipsa esse instrumento. Noutras palavras, se a mente não parar, a intuição não fluirá.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016 | Autor:

Jaya se alimenta da nossa comida; adora cenoura crua, fica alucinada por uma maçã, banana, queijo, iogurte, biscoitos caninos sem carne e uma grande variedade de alimentos que, na teoria, os cães não deveriam apreciar, como, por exemplo, hortaliças. E descobrimos o inusitado: com o sistema não-carnívoro, o pelo fica mais bonito, a pele livre de alergias produzidas pela carne, o hálito fica ótimo, os dentes ficam mais limpos, as fezes não cheiram tão mal, o organismo sofre menos riscos de contrair verminoses e outras doenças típicas da ingestão de carnes, o animal torna-se mais ágil, mais inteligente e vive mais tempo!
Há tantos casos de cães vegetarianos na cultura do DeRose Method que fui convencido pelos fatos. Fiz algumas descobertas muito interessantes, a saber:

– Jaya nunca ficou doente.
– Cresceu mais que a mãe dela.
– Tem uma força descomunal.
– Quando a levávamos ao parque para exercitar-se, ela dava um baile nos demais cães, um show de agilidade e energia.
– Sempre foi moleca e alegre, mas não hiperativa e parava imediatamente de brincar se percebia que não é o momento.
– Demonstrou ser mais inteligente que os espécimes da mesma raça e mesmo de outras raças reconhecidamente inteligentes.
– Nunca roeu nada meu, mesmo quando pequena.
– Não tem aquele hálito desagradável característico dos cães.
– O pelo sempre foi mais bonito, brilhante e quase não cai.
– O veterinário autorizou a não lhe dar banho porque está sempre limpa e cheirosa.
– Raramente late, e só para nos defender.
– Não é agressiva e demonstra uma sociabilidade extraordinária com pessoas, cães e até gatos!

Na internet há a notícia do cão mais velho do mundo, com 27 anos de idade. Ele era vegetariano! (Google, “O cão mais velho do mundo é vegetariano”. Dados de 2002.)

Equipe de Desenvolvimento:

Daniel Cambría   |   Coordenação Geral https://www.facebook.com/danielcambria

Tiago Pimentel   |   Layout & Identidade Visual https://www.facebook.com/tiagopimentel https://www.flickr.com/designinabox

Alex William   |   Programação Visual (Front End) https://www.facebook.com/alex.brasileiro https://www.artinblog.com

Douglas Gonzalez   |   Programação Back End https://www.facebook.com/douglas.s.gonzalez

Visite o Office em facebook.com/officemetododerose